Moulin Rouge | Temuco

Consejos | Trucos | Comentarios

Como Explicar Quem Jesus?

Como explicar quem é Jesus?

Jesus de Nazaré ou Jesus Cristo foi um profeta e líder religioso, figura central do Cristianismo, considerado mensageiro e filho de Deus. Recebeu o título de ‘Cristo’, em grego ‘ungido’, por aqueles que O reconheciam como o enviado por Deus.

Quem é Jesus para nos catequese?

Você sabe – Como foi possível que esse Homem pobre, que vivia em uma cidadezinha de Israel, s e tornasse o mais conhecido e amado da história? Foi um judeu, carpinteiro humilde que só fez o bem, mas foi condenado à morte. Contudo, marcou profundamente a história da humanidade.

  • Alguns O classificam de sábio; outros, de Mestre e Profeta.
  • Como foi possível que esse Homem pobre, que vivia em uma cidade desprezada em Israel, que jamais escreveu um livro, não fez parte da elite, não foi militar, escriba, doutor nem artista, não procurou impor pela força Seus ensinamentos, se tornasse o Homem mais conhecido, mais amado e admirado da história? Por que, ainda hoje, tantas pessoas estão dispostas a segui-Lo, às vezes, com o sacrifício da própria vida? Simplesmente, porque Ele é, de fato, o que afirmava ser.

Pelos séculos, milhões de homens e mulheres têm descoberto, por meio de um relacionamento pessoal com Jesus Cristo, alguém infinitamente maior que um Mestre ou Profeta. Ao escutar e receber Sua mensagem, O reconheceram pelo que Ele é: inteiramente Deus e inteiramente Homem, plenamente Amor e plenamente Verdade. Como Explicar Quem Jesus Jesus é Deus «Cristo é sobre todos, Deus bendito eternamente» (Rm 9,5). Criador de todas as coisas e Aquele por quem elas subsistem (Cl 1,16.17). Em Seu imenso amor, foi manifesto na carne, revelando-se como Homem: é um grande mistério e uma realidade revelada para nossa salvação e bênção agora e eternamente.

  • As Sagradas Escrituras declaram que Jesus é Deus: «No princípio, era Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus» (cf.
  • Jo 1,1-2) Ele estava no princípio com Deus.
  • O Deus Pai disse a respeito do filho: «Ó Deus, o teu trono subsiste pelos séculos dos séculos» (Hb 1,8).
  • Seus atributos são os mesmos de Deus: É onipresente: «Eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos» (Mt 28,20).

É onipotente: «Esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso, segundo o seu eficaz poder de sujeitar também a si todas as coisas» (Fl 3,20-21). É imutável: «Jesus Cristo é o mesmo ontem, e hoje, e eternamente» (Hb 13,8).

Nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade» (Cl 2,9). «É um com o Pai: «Eu e o Pai somos um» (Jo 10,30)». Observar as obras de Cristo é ver Deus trabalhando, escutar as palavras de Cristo é ouvir a voz do próprio Deus. Isso parece simples. Mas não o é. Considerar o Senhor Jesus como algo menos que Deus, por exemplo, um «mestre da moral», «um espírito evoluído» ou «o maior benfeitor da humanidade» é afronta do pior grau possível! É não conhecer a Bíblia Sagrada e não ter experiência abissal com Jesus Cristo.

«Que homem é este, que até os ventos e o mar lhe obedecem?» (Mt 8,27). «Que dizem os homens ser o filho do homem?» (Mt 16,13). E Simão Pedro, respondendo, disse: «Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo» (Mt.16,16). E a multidão dizia: «Este é Jesus, o profeta de Nazaré da Galileia» (Mt 21,11).

Jesus é a Palavra de Deus» (Jo 1,1). «Jesus é o Rei dos reis e Senhor dos senhores» (Ap.19,16). Diz Santo Agostinho de Hipona: «Se quereis viver piedosa e cristãmente, abraçai-vos a Cristo-Homem e chegareis a Cristo-Deus». «Cristo-Deus é a pátria para onde vamos e Cristo-Homem é o caminho por onde vamos».

O erudito escritor Giovanni Papini, autor do clássico História de Cristo, escreve: «Milhares de santos por ti sofreram e por ti se extasiaram, mas, ao mesmo tempo, milhares e milhares de renegadores e de dementes continuaram a esbofetear a tua face sanguinolenta.

Justamente por não Te amarmos suficientemente, temos necessidade de todo o Teu amor». A nossa vida só poderá ser feliz se vivermos, em Jesus Cristo, uma dimensão eterna de salvação e no amor a Deus e ao próximo! Sua graça e Seu Evangelho é tudo para Seus discípulos. Leia mais: Quando Jesus voltará? Ser de Deus.

E o que eu ganho com isso? Jesus, na Eucaristia é um privilégio A oração é uma arma para demolir fortalezas

Quem é Jesus Cristo para você resposta?

Ele é Deus mas também foi um homem e viveu na terra durante cerca de trinta anos. Jesus mudou o mundo para sempre e pode mudar sua vida também. A Bíblia diz que Jesus é Deus revelado em forma humana ao mundo.

Quem é Jesus para as crianças?

um livro infantil sobre detalhes e caractersticas de Jesus. O objetivo do livro gerar interaco e dilogo ente criancas e adultos sobre quem de fato Ele, Os resultados esperados so: Fascinao por partes das crianas e a necessidade de aprender por parte dos adultos.

Ttulo: Quem Jesus – Infantil
Autor: Victor e Stphanie Vieira
Idioma: Portugus
Capa: Comum
Acabamento: Comum
Borda: Branca
Pginas: 28
Letra: Comum
Formato: Altura: 21,0 cm Largura: 21,0 cm Profundidade: 0,3 cm
Peso: 0,150 g
ISBN: 99786588783047
Editora: Base

Como definir Jesus em poucas palavras?

Profeta da história do cristianismo Com base no texto bíblico, Jesus é o filho de Deus que foi concebido pelo Espírito Santo, através de uma virgem chamada Maria. Ele praticou milagres, ensinos e foi morto em uma cruz.

Quem é Deus e quem é Jesus?

Por que Jesus é Deus relativo e não absoluto igual a Deus pai? | O TEMPO Jesus é um ser humano tão especial, que os primeiros teólogos cristãos até o consideraram um homem-Deus. Aliás, na região Atlântico-Mediterrânea, na Antiguidade e no início do cristianismo, era comum pessoas muito famosas e personalidades mitológicas ganharem o título de deuses.

Mas entendamos esses deuses (João 10: 34 e 35), que não podem ser confundidos com o Deus Pai único e absoluto do monoteísmo bíblico-islâmico. Respeitamos o dogma da Santíssima Trindade criado pelos teólogos, mas somente consideramos o Deus Pai da Primeira Pessoa Trinitária como o único Deus absoluto verdadeiro, Criador incriado, e que é também chamado na Bíblia de Espírito Santo de Deus ou Santo Espírito.

Os teólogos dizem que as Pessoas é que são três, mas Deus é um só. Na prática, porém, eles se contradizem e dizem que se trata de mistério de Deus, quando é deles! O Espírito Santo da Terceira Pessoa Trinitária, pelo ensino de são Paulo é o espírito santo de cada um de nós que é chamado também de centelha divina e que habita nosso corpo nas nossas vidas terrenas (1 Coríntios 6: 19) e que quando não está encarnado, está na dimensão espiritual.

  1. Deixemos que a Bíblia fale por nós, mostrando-nos que Jesus, realmente, não é todo-poderoso ou onipotente como o é o Deus Pai, absoluto e único, enquanto que Jesus é também Deus, mas relativo.
  2. E isso não o diminui em nada, pois, como Ele mesmo ensinou, Ele é Deus Filho, enquanto que o Deus mesmo é o Deus Pai.
See also:  Quem Saiu Bbb23?

E Jesus é também Filho do Homem, exatamente porque Ele é um ser da espécie humana. E todos nós somos também deuses relativos (João 10: 34 e 35). E vamos, agora, como foi prometido, ver que a própria Bíblia nos fala sobre o fato de que Jesus não é mesmo Deus absoluto, único e onipotente como o é o Deus Pai.

  • Mas a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão somente o Pai» (são Mateus 24: 36).
  • Se Jesus fosse também Deus absoluto, onipotente e onisciente tal qual o Pai, Ele saberia também quando ocorrerá aquele dia e qual a hora.
  • Certo homem de posição perguntou-lhe: Bom Mestre, que eu farei para herdar a vida eterna? Respondeu Jesus: Por que me chamas bom? Ninguém é bom senão um só, que é Deus» (são Lucas 18: 18 e 19).

Jesus, com sua resposta, foi taxativo dizendo que Deus é um só mostrando-nos que Ele é realmente um homem, ou seja, o Filho do Homem. Mais tarde, no Concílio Ecumênico de Niceia em 325, os teólogos é que declararam que Jesus Cristo é também Deus tão todo-poderoso como o é o Deus Pai.

E aqui perguntamos: ao ensino de quem devemos dar crédito, ao de Jesus Cristo ou ao dos teólogos? É claro que aceitamos o ensino evangélico de Jesus como sendo o verdadeiro e não o dos teólogos, apesar de respeitarmos os que consideram que os teólogos sabem mais do que o maior de todos os Mestres que surgiram no nosso planeta Terra! «Porque há um só Deus e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem» (1 Timóteo 2: 5).

São Paulo não é infalível. Somente Deus o é. Mas diz grandes verdades. E nessa acertou de cheio, mostrando-nos, com uma clareza meridiana, que Jesus é um Deus relativo como todos nós o somos (João 10: 34 e 35), mas jamais outro Deus Pai único, absoluto e verdadeiro do monoteísmo bíblico-islâmico! : Por que Jesus é Deus relativo e não absoluto igual a Deus pai? | O TEMPO

Quem é Jesus para os católicos?

Jesus Cristo é a figura central do cristianismo. De acordo com a história, esse profeta foi concebido pelo Espírito Santo através da virgem Maria. O livro de Mateus no Capítulo 1 dos versículos 18 ao 25 da Bíblia Sagrada, assim como Lucas capítulo 1 versículos de 26 ao 38 expressam como sucedeu-se o nascimento.

Quem a Bíblia diz que Jesus é?

Com base no texto bíblico, Jesus é o filho de Deus que foi concebido pelo Espírito Santo, através de uma virgem chamada Maria. Ele praticou milagres, ensinos e foi morto em uma cruz.

O que a vida de Jesus nos ensina?

Ensinar as Verdades do Evangelho – O Salvador ensinou as verdades do evangelho, ressaltando os primeiros princípios e ordenanças: fé, arrependimento, batismo e dom do Espírito Santo. Ele ensinou-nos a amar e a servir uns aos outros. Ensinou sobre o sacerdócio, os convênios, as ordenanças e tudo o que precisamos fazer e ser para achegarmo-nos a Ele.

  1. Nós também devemos ensinar o evangelho conforme o revelado nas escrituras e nas palavras dos profetas modernos.
  2. Assuntos seculares, opiniões pessoais e ensinamentos especulativos ou controversos não são adequados.
  3. O Salvador ensinava as verdades do evangelho com simplicidade.
  4. Utilizava uma linguagem clara e compreensível, histórias e exemplos do cotidiano.

Suas lições incluíam muitas experiências comuns para que o povo em geral as entendesse. Falou sobre a busca de uma ovelha perdida, de uma moeda perdida e sobre a alegria do retorno de um filho arrependido. (Ver Lucas 15.) O Salvador citava muito as escrituras ao ensinar.

  1. Faça com que seus alunos também as utilizem amplamente durante a aula.
  2. Ajude-os a compreender que as pessoas mencionadas nas escrituras eram reais e que passaram por tribulações e alegrias em seu empenho de servirem ao Senhor.
  3. Elabore perguntas que os obriguem a procurar respostas nas escrituras.
  4. Incentive-os a estudar em casa e mostre-lhes como tornar seu estudo mais eficaz.

Ensine-os a utilizar os auxílios de estudo contidos nas escrituras. Dê designações que exijam que consultem as escrituras e as palavras dos profetas modernos.

Como entender que Jesus é Deus?

JESUS É ONIPOTENTE – Para que possamos ter certeza de que Jesus é onipotente é importante ter convicção que ele tinha todo poder, no céu e na terra. Ele é Senhor dos Senhores «Estes combaterão contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, porque é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; vencerão os que estão com ele, chamados, e eleitos, e fiéis» (Apocalipse, 17:14).

Como criador «No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus» (João,1:1). Ele é rei dos reis «E da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito dentre os mortos e o príncipe dos reis da terra. Àquele que nos amou, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados» (Apocalipse, 1:5).

Ele é o cabeça da igreja «E sujeitou todas as coisas a seus pés, e sobre todas as coisas o constituiu como cabeça da igreja» (Efésios, 1:22). Jesus sustenta todas as coisas «O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas» (Hebreus, 1:3).

O que quer dizer a palavra Jesus?

Com base no texto bíblico, Jesus é o filho de Deus que foi concebido pelo Espírito Santo, através de uma virgem chamada Maria. Ele praticou milagres, ensinos e foi morto em uma cruz.

O que significa dizer que Jesus é o Filho de Deus?

Nossa Crença Jesus foi a única pessoa nascida de uma mãe mortal, Maria, e de um pai imortal, Deus, o Pai. É por isso que Jesus é chamado de Filho Unigênito de Deus. De Seu Pai, Ele herdou poderes divinos (ver João 10:17–18 ). Da mãe, herdou a mortalidade e tornou-Se sujeito a fome, sede, fadiga, dor e morte.

See also:  Quem E O Anjo Da Semana?

A vida mortal de Jesus Cristo começou quando nasceu em Belém. Lucas fez o seguinte relato: «Foi o anjo Gabriel enviado por Deus () a uma virgem desposada com um homem, cujo nome era José. () Disse-lhe, então, o anjo: () em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus. Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo; () Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus» ( Lucas 1:26–27, 30–32, 35 ; ver também 1 Néfi 11:16–21 ; Alma 7:10 ).

Mateus registrou que um anjo também apareceu a José em sonho e disse: » dará à luz um filho e chamarás o seu nome Jesus; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados» (ver Mateus 1:20–21 ). Tanto Maria quanto José compreendiam que o filho que Maria daria à luz e que seria chamado de Jesus era o Filho Unigênito de Deus.

  1. O anjo Gabriel também disse a Maria que sua prima Isabel estava grávida de um menino.
  2. Quando Maria a visitou, Isabel foi cheia do Espírito Santo e disse: «E de onde me provém isto a mim, que venha visitar-me a mãe do meu Senhor?» (Ver Lucas 1:39–45.) Isabel soube naquele momento que Maria seria a mãe do Filho de Deus.

Outros também receberam um testemunho do Espírito Santo de que Jesus Cristo é o Filho de Deus. Abaixo estão alguns desses testemunhos.

Alguns dos discípulos do Salvador estavam num barco quando viram Jesus Cristo caminhar sobre a água. «Então aproximaram-se os que estavam no barco, e adoraram-no, dizendo: És verdadeiramente o Filho de Deus» ( Mateus 14:33 ). Quando Jesus perguntou a Seus discípulos: «Quem dizeis que eu sou?» Pedro respondeu: «Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo» ( Mateus 16:15, 16 ). Antes de Jesus levantar Lázaro dos mortos, perguntou a Marta, irmã de Lázaro, se ela acreditava que Ele era «a ressurreição e a vida». Ela respondeu: «Sim, Senhor, creio que tu és o Cristo, o Filho de Deus» ( João 11:25, 27 ). Adão e Eva ofereciam sacrifícios «à semelhança do sacrifício do Unigênito do Pai» ( Moisés 5:7 ). Deus ensinou a Adão que deveria ser «batizado, sim, na água, em nome de meu Filho Unigênito, que é cheio de graça e verdade, que é Jesus Cristo» ( Moisés 6:52 ). Nas Américas, cinco anos antes do nascimento do Salvador, Samuel, o Lamanita, profetizou: «O Filho de Deus virá para redimir todos os que crerem em seu nome» ( Helamã 14:2 ).

A partir da esquerda: Bendita És Tu entre as Mulheres, de Walter Rane © IRI; Adão e Eva Oferecem Sacrifícios, de Del Parson; Cristo Caminha sobre as Águas, de Robert T. Barrett; ilustração fotográfica de Hyun Gyu Lee; detalhe de Vinde e Vede, de Liz Lemon Swindle, Foundation Arts, reprodução proibida; Samuel, o Lamanita Profetiza, de Arnold Friberg © IRI; Marta Saúda Jesus, Robert T. Barrett.

Qual é o verdadeiro nome de Jesus Cristo?

Yeshua Hamashia – Jesus Cristo, o Messias. Yeoshua – o Eterno salva. Yeoshua – nome traduzido para o português como Josué.

De quem Jesus é Filho?

Jesus foi a única pessoa nascida de uma mãe mortal, Maria, e de um pai imortal, Deus, o Pai. É por isso que Jesus é chamado de Filho Unigênito de Deus.

Quem é o Pai do Deus?

Deus, o Pai, é o Ser Supremo no qual acreditamos e a quem adoramos. É o supremo Criador, Legislador e Preservador de todas as coisas É perfeito, todo-poderoso e conhece todas as coisas. ‘Tem um corpo de carne e ossos tão tangível como o do homem’ (D&C 130:22).

Como explicar para uma criança o que é Deus?

Dos 3 aos 6 anos – Já podemos ir ensinando as orações da fé cristã, mas muito além de saber a oração «decorada», é essencial fazer com que a criança adquira um diálogo simples e espontâneo com seu Pai Deus, com Jesus e com Maria. É muito importante incentivá-los a rezar todos os dias, ao acordar e antes de dormir.

Como a Bíblia descreve Jesus Cristo?

Como Jesus se transformou em um loiro de olhos claros? A imagem real de Jesus permanece um mistério, apesar de sua representação mais conhecida ser a de uma pessoa loira com olhos claros, típica da Europa, e não da região de Israel. Jesus é descrito na Bíblia como alto e bonito e como «bonito como uma criança», mas os registros são contraditórios porque Jesus também é descrito como alguém sem beleza ou majestade. Como Explicar Quem Jesus O primeiro retrato de Jesus é descrito como um autorretrato. Chamado Acheiropoieta, a imagem não teria sido criada por mãos humanas. Tais figuras têm autoria atribuída a Jesus e à Virgem Maria. Como Explicar Quem Jesus Richard Viladesau, teólogo que estudou a história de Jesus, acredita que a imagem que temos hoje do messias do Cristianismo é uma combinação de características: cabelo longo típico da Síria, barba como a do deus grego Zeus e Sansão, figura emblemática do Velho Testamento.

No entanto, do século XV ao XVII, as representações artísticas do messias ganharam características regionais, o que acontecem em regiões como a Etiópia, a Índia e, claro, a Europa. Foi na Renascença que foram pintados quadros de importância histórica sem precedentes, como a Santa Ceia, de Leonardo DaVinci.

Nessas obras, Jesus passou a ser retratado de forma mais similar aos brancos europeus daquela época. Sucesso de marketing Warner Sallman, um pintor – que também trabalhou com publicidade -, é o autor da imagem de Jesus Cristo que povoa a mente de grande parte das pessoas desde 1940. Como Explicar Quem Jesus Recriações da aparência de Jesus Em 2010, com simulações computacionais em 3D, especialistas em computação gráfica recriaram o rosto de Jesus a partir de detalhes da face registradas no Santo Sudário. A experiência foi exibida no documentário «The Real Face of Jesus?». Como Explicar Quem Jesus Em 2015, a imagem de jesus foi novamente recriada com ajuda de programas de computador e mostraram uma representação bem diferente daquela vista em obras de arte renascentistas. Como Explicar Quem Jesus Agora, em 2020, uma releitura da Santa Ceia com um Jesus negro foi instalada em da catedral de St Albans, no Reino Unido. A obra causou manifestações de mais de mil pessoas, mas foi instalada como uma forma de apoiar o movimento «vidas negras importam», que ganhou projeção global com a morte de George Floyd por um policial nos Estados Unidos.

See also:  Quanto Ta A InflaO Hoje?

Quem é Jesus Cristo versículo?

Versículos sobre quem é Jesus Jesus é a figura central da Bíblia. Depois dele, o mundo nunca mais foi igual! Mas quem foi Jesus? Um professor, um profeta, um bom homem, um revolucionário? Já no tempo de Jesus muitas pessoas faziam essas perguntas. Jesus foi muito mais que apenas um profeta ou um bom homem.

Ele é o Filho de Deus, que veio ao mundo para nos salvar de nossos pecados! Jesus nasceu e viveu como homem para nos mostrar o caminho para Deus. Jesus morreu por nossos pecados mas ele não ficou morto. ele ressuscitou! Agora todos que creem em Jesus podem ter a vida eterna. Conheça mais sobre nosso maravilhoso salvador! Respondeu Jesus: «Eu sou o caminho, a verdade e a vida.

Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim. «E vocês?», perguntou ele. «Quem vocês dizem que eu sou?» Simão Pedro respondeu: «Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo». Respondeu Jesus: «Feliz é você, Simão, filho de Jonas! Porque isto não foi revelado a você por carne ou sangue, mas por meu Pai que está nos céus.

  • Disse-lhe Jesus: «Eu sou a ressurreição e a vida.
  • Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá; Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus, que, embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se; mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens.

E, sendo encontrado em forma humana, humilhou-se a si mesmo e foi obediente até a morte, e morte de cruz! Por isso Deus o exaltou à mais alta posição e lhe deu o nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus Pai.

Portanto, visto que temos um grande sumo sacerdote que adentrou os céus, Jesus, o Filho de Deus, apeguemo-nos com toda a firmeza à fé que professamos, pois não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas, mas sim alguém que, como nós, passou por todo tipo de tentação, porém, sem pecado.

No dia seguinte, João viu Jesus aproximando-se e disse: «Vejam! É o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! No princípio era aquele que é a Palavra. Ele estava com Deus e era Deus. Ele estava com Deus no princípio. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele; sem ele, nada do que existe teria sido feito.

Nele estava a vida, e esta era a luz dos homens. A luz brilha nas trevas, e as trevas não a derrotaram. Pois em Cristo habita corporalmente toda a plenitude da divindade, O Filho é o resplendor da glória de Deus e a expressão exata do seu ser, sustentando todas as coisas por sua palavra poderosa. Depois de ter realizado a purificação dos pecados, ele se assentou à direita da Majestade nas alturas, tornando-se tão superior aos anjos quanto o nome que herdou é superior ao deles.

Por essa razão era necessário que ele se tornasse semelhante a seus irmãos em todos os aspectos, para se tornar sumo sacerdote misericordioso e fiel com relação a Deus e fazer propiciação pelos pecados do povo. Porque, tendo em vista o que ele mesmo sofreu quando tentado, ele é capaz de socorrer aqueles que também estão sendo tentados.

Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim. Da mesma forma, como o homem está destinado a morrer uma só vez e depois disso enfrentar o juízo, assim também Cristo foi oferecido em sacrifício uma única vez, para tirar os pecados de muitos; e aparecerá segunda vez, não para tirar o pecado, mas para trazer salvação aos que o aguardam.

Então Jesus declarou: «Eu sou o Messias! Eu, que estou falando com você». Então Jesus declarou: «Eu sou o pão da vida. Aquele que vem a mim nunca terá fome; aquele que crê em mim nunca terá sede. Ela dará à luz um filho, e você deverá dar-lhe o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos seus pecados».

Tudo isso aconteceu para que se cumprisse o que o Senhor dissera pelo profeta: «A virgem ficará grávida e dará à luz um filho, e o chamarão Emanuel», que significa «Deus conosco». Mas o anjo lhe disse: «Não tenha medo, Maria; você foi agraciada por Deus! Você ficará grávida e dará à luz um filho, e lhe porá o nome de Jesus.

Ele será grande e será chamado Filho do Altíssimo. O Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi, e ele reinará para sempre sobre o povo de Jacó; seu Reino jamais terá fim». Porque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado, e o governo está sobre os seus ombros.

E ele será chamado Maravilhoso Conselheiro, Deus Podero­so, Pai Eterno, Príncipe da Paz. Pois há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens: o homem Cristo Jesus, o qual se entregou a si mesmo como resgate por todos. Esse foi o testemunho dado em seu próprio tempo. Naquela ocasião, Jesus veio de Nazaré da Galileia e foi batizado por João no Jordão.

Assim que saiu da água, Jesus viu o céu se abrindo e o Espírito descendo como pomba sobre ele. Então veio dos céus uma voz: «Tu és o meu Filho amado; de ti me agrado». Mas Jesus permaneceu em silêncio e nada respondeu. Outra vez o sumo sacerdote lhe perguntou: «Você é o Cristo, o Filho do Deus Bendito?» «Sou», disse Jesus.