Moulin Rouge | Temuco

Consejos | Trucos | Comentarios

Como Saber Que Perdeu A Virgindade?

Como saber se houve o rompimento do hímen?

«Não tive sangramento na minha primeira relação sexual. Como saber se o hímen foi rompido?» – Quando o hímen se rompe é comum surgirem sintomas como sangramento vaginal leve, dor e/ou desconforto no local. No entanto, estes sintomas nem sempre estão presentes e algumas mulheres não percebem quando o rompimento do hímen acontece. Algumas vezes, também é possível verificar se o hímen foi rompido utilizando um espelho, podendo ser notada a ausência de uma membrana na abertura da vagina em caso de rompimento.

O que você sente depois da primeira vez?

Sintomas depois da primeira vez: vem saber o que rola depois da primeira transa │ Kira Será que o corpo muda? Será que alguém vai perceber que você transou? Venha saber tudo sobre os sintomas depois da primeira vez. Para muitas pessoas, a primeira transa é um momento especial. Como Saber Que Perdeu A Virgindade O que significa a «primeira vez»? Antes de discutir o que muda depois da primeira vez, é preciso dar um passo atrás e ressignificar o conceito da primeira transa. Um dos estigmas que precisamos derrubar quando se trata de sexo é que o início da vida sexual obrigatoriamente envolve penetração.

Você e seu parceiro ou parceira podem sentir prazer de outras formas. E até mesmo sozinha você pode explorar o seu corpo e descobrir muita coisa boa. 😊 Talvez você só faça sexo com penetração anos após o início da sua vida sexual. Ou, então, você pode escolher nunca transar com penetração e tá tudo bem! Também já é hora de superar a ideia de que perder a virgindade significa romper o hímen, aquela película que recobre a entrada da vagina.

«O hímen não é um tampão, é mais como uma coroa. Em algumas mulheres ele pode se romper e sangrar e, em outras, não», diz a dra. Rebeca. E não é só a penetração envolvendo um pênis que pode romper o hímen não, viu? com o dedo ou com um brinquedo erótico também pode.

  1. Além do sangramento vaginal, que pode ou não acontecer, a primeira vez não deve provocar outros sintomas.
  2. Mas olha só: se você não estiver tão relaxada ou a fim de transar, a penetração pode deixar a ppk meio dolorida ou assada.
  3. Por isso, é importante estar com vontade e segura do que você quer.
  4. Consentir, então, é fundamental.

Lembre-se de que sexo sem consentimento é crime, O corpo muda depois da primeira vez? Pode ficar tranquila, ninguém vai notar que você transou ou que está explorando o seu corpo sozinha em casa. Depois da, o corpo feminino muda mesmo: os seios crescem, o quadril alarga e as curvas ficam mais evidentes.

  • Mas nada disso tem a ver com sexo – é 100% «culpa» dos hormônios.
  • Pode ser que você também sinta um turbilhão de sentimentos.
  • Isso, adivinha só, também tem a ver com os hormônios e é típico da puberdade.
  • Mas quando começamos a e a sentir atração por outras pessoas, pode rolar paixão, medo, expectativa e as inúmeras sensações que vêm junto.

Faz parte e é assustador, mas também é muito bom! Como Saber Que Perdeu A Virgindade O início da vida sexual não se trata de, mas de abrir espaço para descobrir o próprio corpo, do que você gosta e o que não te agrada. Sozinha ou acompanhada, a jornada é sua. Se você já menstruou, a dica é parceira que também poderá tirar todas as suas dúvidas.

Afinal, a jornada é sua, mas você não precisa passar por ela sozinha. 🙌 Camila Luz Jornalista formada pela Cásper Líbero, estudou Mídias Internacionais na Université Paris 8 e é mestre em Jornalismo e Direitos Humanos, com especialização em Diplomacia, pela Sciences Po Paris. Escreve sobre saúde, ciência e tecnologia desde 2016, com maior dedicação à saúde da mulher.

Também é consultora em comunicação para organizações internacionais. Vive em Washington D.C. (EUA) e é fã assídua dos livros da Elena Ferrante. : Sintomas depois da primeira vez: vem saber o que rola depois da primeira transa │ Kira

É possível o hímen se rompe sozinho?

O hímen é uma membrana que não tem função no corpo e seu rompimento nada tem a ver com perder a virgindade. Vem bater esse papo super importante com a gente! O hímen é uma membrana que recobre a entrada da ppk e não possui função nenhuma no corpo. No entanto, ele guarda o mito da virgindade intacta e, por isso, o seu rompimento é um assunto que dá pano pra manga. Mas que tal romper os estigmas sobre o hímen? Batemos um papo com a ginecologista Rebeca Gerhardt sobre o assunto e aqui está o resultado dessa conversa.1 – O que é o hímen? O hímen é uma película que resta do desenvolvimento da vagina quando ainda somos um feto na barriga das nossas mães.

  1. Ele não tem nenhuma função biológica e, inclusive, não tampa totalmente a entrada do canal vaginal, como algumas pessoas podem pensar.
  2. O hímen é apenas uma dobrinha da ppk e não serve para nada, mesmo! O hímen é visível apenas por meio de um exame ginecológico.
  3. Mas tê-lo ali ou não, não faz diferença.

Continua lendo pra entender melhor 🙂 2 – Romper o hímen significa perder a virgindade? Filmes, séries, novelas e o imaginário popular nos ensinaram a associar o rompimento do hímen à perda da virgindade, Nesse imaginário todo, para as meninas, a primeira vez é sinônimo de sangramento e dor.

Mas nem sempre é assim, viu. Sexo deve estar associado ao prazer e bem-estar. A ideia de que romper o hímen significa perder a virgindade já está super ultrapassada. Há muitas maneiras de fazer sexo e de sentir prazer que não envolvem penetração, como explica a dra. Rebeca. Na opinião da especialista, é mais importante falar sobre o início da vida sexual como um processo no qual vamos descobrindo nossos corpos e do que gostamos aos poucos, sozinhas ou acompanhadas.

O hímen não tem função nenhuma e definitivamente não estabelece se alguém é virgem ou não 😉 3 – O hímen sangra quando é rompido? O rompimento do hímen pode ou não provocar sangramentos. Nem sempre tem como saber se o hímen já foi rompido, porque tem menina que não sente esse rompimento. 4 – O hímen pode se romper sozinho? O hímen pode se romper de diversas formas além do sexo com penetração, como durante um exame ginecológico (ainda que isso não seja esperado), pela inserção de brinquedos sexuais ou, em casos bem mais raros, pela inserção de absorvente interno.

Mais um motivo para deixar pra lá a ideia de que hímen rompido equivale a perda da virgindade! Agora, sobre o absorvente interno, menina que nunca transou com penetração pode, sim, usar, viu? É só colocar direitinho e, na dúvida, fala com sua ginecologista sobre isso, tá? 5 – O hímen pode se regenerar? Depois que o hímen é rompido, restam alguns vestígios dele na mucosa da ppk, que se adaptam à nova estrutura vaginal,

Você não irá notar mudança alguma e nem sentir nada. Uma vez rompido, o hímen não se regenera. Camila Luz Jornalista formada pela Cásper Líbero, estudou Mídias Internacionais na Université Paris 8 e é mestre em Jornalismo e Direitos Humanos, com especialização em Diplomacia, pela Sciences Po Paris.

  • Escreve sobre saúde, ciência e tecnologia desde 2016, com maior dedicação à saúde da mulher.
  • Também é consultora em comunicação para organizações internacionais.
  • Vive em Washington D.C.
  • EUA) e é fã assídua dos livros da Elena Ferrante. Dra.
  • Rebeca Gerhardt Ginecologista e obstetra formada pela Universidade Estadual de Londrina – sua cidade natal – compartilha todo seu conhecimento médico com Kira e suas leitoras.
See also:  Advogado Criminalista Quanto Ganha?

Fala sem estigmas sobre saúde íntima, sexualidade, cuidados com a ppk e autoestima.

É possível ver o hímen com um espelho?

Como Saber Que Perdeu A Virgindade 16 de outubro de 2023 O coletor menstrual é uma espécie de copinho de silicone que coleta o sangue menstrual. Ele é considerado produto super seguro com quase nenhuma restrição e é indicado para todas as idades, desde o primeiro ciclo menstrual. Seu uso é indicado inclusive para pessoas que nunca tiveram relações sexuais.

Mas o que muitas mulheres se perguntam é o seguinte: o coletor menstrual pode tirar a minha virgindade? E a resposta vai depender do você quer dizer quanto utiliza o termo «virgindade». Homens e mulheres deixam de ser virgens quando acontece a primeira relação sexual, porém, algumas sociedades, culturas ou religiões ainda relacionam a virgindade feminina à presença do hímen.

O hímen nada mais é do que uma fina pele presente no início do canal vaginal. Se você tiver um, ele pode facilmente ser visto com um espelho. Qualquer produto de uso intravaginal pode romper o hímen, mas isso vai depender do tipo de hímen que a mulher tem, se ela tiver um! Cada mulher é única, algumas possuem um hímen muito frágil facilmente rompido com atividades do dia-a-dia que incluem andar a cavalo, dançar ou até mesmo andar de bicicleta! Outras possuem um hímen mais grosso que às vezes nem a relação sexual é capaz de romper inteiramente. Como Saber Que Perdeu A Virgindade Fonte: menstrualcupinfo.wordpress.com Desta forma, a presença ou não do hímen não significa ser ou não virgem. A virgindade apenas pode ser perdida por meio de relação sexual. Então, não se preocupe, absorventes internos e coletores menstruais não podem tirar a sua virgindade! Ainda assim o uso do coletor menstrual pode gerar dúvidas em pessoas que ainda não tiveram relações sexuais e é por isso que preparamos algumas dicas que podem ajudar nessa nova etapa: Dica #1: Informe-se Procure se informar sobre o uso do coletor.

Aqui você encontra um passo a passo muito legal. Consulte um ginecologista e tire suas dúvidas com quem entende do assunto. Vale também perguntar a opinião de quem já usou e checar grupos de discussão a respeito do uso dos coletores, no Facebook você encontra vários! Dica #2: Conheça o seu corpo Se você pensa em usar um coletor menstrual, a primeira coisa a fazer é conhecer o seu corpo, se você ainda não o conhece bem.

Tente achar a entrada da sua vagina. Esta etapa parece simples, mas muitas mulheres jovens tem problemas para encontrá-la, já que ela é levemente angulada em direção à base da coluna. Tenha paciência e se sentir algum desconforto tente novamente mais tarde. Como Saber Que Perdeu A Virgindade Fonte: 1001duvidas.com Dica #3: Escolha um tamanho adequado A maioria das mulheres mais jovens e/ou virgens se adaptam melhor aos coletores menores. Isto ocorre porque eles são mais fáceis de manusear. O coletor tamanho Leve da marca Korui é uma ótima opção para quem está começando. Como Saber Que Perdeu A Virgindade Dica #4: Pratique Depois de conhecer um pouco mais o seu corpo, pratique a inserção e retirada do coletor menstrual. O período ideal para praticar é durante a menstruação, quando você está mais lubrificada. Mas, caso prefira, você pode usar um pouco de água como lubrificante e praticar fora do ciclo menstrual.

Lembre-se de que as primeiras tentativas podem ser um desastre e isso é completamente normal. Se não der certo na primeira vez, relaxe e tente novamente mais tarde. Apenas continue tentando e experimente diferentes dobras. Dica #5: Relaxe A entrada do canal vaginal é geralmente bem mais estreita do que o canal em si, então é normal que você ache meio difícil inserir o coletor.

Mas lembre-se de que o segredo é relaxar, quando você fica tensa a sua musculatura da vagina vai se contrair e a inserção do coletor fica ainda mais difícil, se não impossível. Então tenha paciência com seu corpo, com a prática a colocação vai ficar mais fácil do que você imagina.

Quanto tempo demora para cicatrizar o rompimento do hímen?

Homepage Serviços Himenotomia Olá. Quanto Tempo Demora A Cicatrização De Uma Himenotoima?

2 respostas Olá. Quanto tempo demora a cicatrização de uma himenotoima? A Himenotomia é a cirurgia para abertura de um hímen imperfurado. O tempo de cicatrizarão geralmente dura entre 5 a 7 dias. Mas pode ser mais longo em caso de complicações como infecção, mas isto é raro.

O que não é normal depois da primeira vez?

Sangramento após a relação sexual | Mulhera Muitas mulheres não sabem o que fazer quando ocorre um sangramento após a relação sexual. É normal? Preciso procurar o médico com urgência? E agora? O que fazer? A primeira atitude é identificar a gravidade.

  • Se você estiver grávida, deve passar por uma consulta de urgência em um pronto-socorro, independentemente do volume do sangramento.
  • Não estando grávida, o parâmetro mais importante a ser observado é o volume do sangramento.
  • Se for muito intenso, maior que o da sua menstruação, vale a mesma orientação anterior: procure um pronto-socorro com urgência.

Certifique-se de que o pronto-socorro escolhido disponha de ginecologista de plantão. Na maioria das vezes, entretanto, o sangramento costuma ser discreto ou similar ao de uma menstruação normal. Nesses casos, agende uma consulta com o seu ginecologista em não mais que uma ou duas semanas do início do sangramento, ainda que o sangramento cesse nesse intervalo.

Após a primeira relação sexual com penetração vaginal costuma ocorrer sangramento devido ao rompimento do hímen, a pequena pele localizada na entrada da vagina das mulheres que nunca tiveram penetração vaginal. Esse sangramento pode ser vermelho vivo ou amarronzado e durar até quatro ou cinco dias. Também para este caso valem as orientações anteriores.

Outras situações:

Traumas: relações mais intensas podem provocar cortes ou lacerações na vulva, na vagina ou no colo uterino.Ectopias no colo uterino: vulgarmente conhecidas como «feridas no colo do útero», acontecem quando se exterioriza o tecido localizado na parte interna do canal do colo uterino, que é mais vascularizado. Miomas uterinos.Pólipos uterino.Ressecamento vaginal: vagina muito seca durante a relação, comum, por exemplo, na menopausa e durante a amamentação.Endometriose no colo do útero.Endometriose na vagina.Câncer do colo uterino.Câncer de vagina.Úlceras vulvares, vaginais ou de colo uterino.Alterações hormonais.Deslocamento do DIU da cavidade uterina.

Vale destacar que, na maioria das vezes, não se trata de situações urgentes, mas, ainda que discreta, a presença de sangramento após a relação sexual deve ser avaliada por um ginecologista. : Sangramento após a relação sexual | Mulhera

See also:  Faseolamina Para Que Serve?

Quais são as mudanças no corpo depois da primeira vez?

Como Saber Que Perdeu A Virgindade A respostas é não! Aliás, a única modificação fisiológica após a primeira relação sexual é o rompimento do hímen no corpo da mulher. Trata-se da membrana localizada no interior da vagina e seu rompimento não acarreta em nada. A dúvida de muitos jovens talvez se dê pelo fato da maioria iniciar a vida sexual ainda na adolescência, quando ocorre a puberdade.

Esse é o período das mudanças biológicas e fisiológicas, quando o corpo se desenvolve física e mentalmente, tornando-o capacitado à gerar filhos. As principais mudanças são o crescimento dos pelos, testículos e seios, aumento do quadril nas meninas e do tórax nos rapazes. Para os meninos, o marco principal da puberdade é a primeira ejaculação, por volta dos 13 anos, enquanto que o das meninas é com a primeira menstruação, também na mesma idade.

É importante conversar com os jovens e orientá-los desde cedo sobre a importância das consultas periódicas ao ginecologista e ao urologista com o intuito da prevenção e promoção da saúde.

O que é normal sentir após perder a virgindade?

A primeira relação sexual é cercada por dúvidas, ansiedades, receios. Vai doer? Vou sangrar? Posso engravidar? São várias as questões que povoam a cabeça das jovens, que estão menstruando e também iniciando suas vidas sexuais mais cedo, O assunto sexo, porém, nem sempre é tratado com naturalidade nas famílias.

  1. Segundo a Dra.
  2. Ivani Pires de Andrade Kehdi, ginecologista da Scope, falar sobre sexo ainda é tabu e há muitos mitos acerca da virgindade.
  3. Para evitar que a falta de diálogo em casa coloque em risco a saúde das adolescentes, as mães podem levar suas filhas a uma consulta com o médico ginecologista de confiança.

«A orientação é fundamental para que as garotas iniciem suas vidas sexuais em segurança, sem traumas ou risco de gravidez não planejada». Fisicamente, toda mulher tem uma membrana fina chamada hímen na entrada da vagina. Na primeira relação sexual com penetração essa membrana se rompe – podendo sangrar ou não.

  • Ao perder a virgindade, algumas mulheres sentem incômodo ou dor, outras não.
  • Tudo depende de quão confortáveis e relaxadas estão com a situação, já que é a tensão, o medo ou a culpa que acabam fazendo com que não se entreguem ao prazer.
  • A consulta com o ginecologista ajuda a esclarecer questionamentos sobre órgãos sexuais feminino, preliminares e lubrificação, o que garante mais segurança e confiança.

Além disso, é importantíssima a orientação sobre prevenção contra doenças sexualmente transmissíveis, «Os casos de Aids e sífilis cresceram entre os jovens», alerta a Dra. Ivani. «É preciso aumentar a conscientização sobre a necessidade de usar preservativo em todas as relações sexuais, desde a primeira vez».

É sempre bom lembrar que a mulher pode, sim, engravidar na primeira relação. Para evitar uma gravidez não planejada, vale tirar dúvidas sobre a colocação correta dos preservativos, masculino e feminino, e conhecer os métodos anticonceptivos disponíveis, como pílula e DIU. Em caso de dúvida, dor ou incômodo no sexo, procure seu ginecologista.

Consultas regulares e exames preventivos ajudam a manter a saúde em dia. A Scope atua no diagnóstico e tratamento de patologias ginecológicas através de técnicas modernas e minimamente invasivas. Entre em contato e agende a sua consulta online ou pelo telefone (11) 3849-1818.

Quando perde a virgindade sangra na hora ou depois?

Sangramento após a relação sexual | Mulhera Muitas mulheres não sabem o que fazer quando ocorre um sangramento após a relação sexual. É normal? Preciso procurar o médico com urgência? E agora? O que fazer? A primeira atitude é identificar a gravidade.

Se você estiver grávida, deve passar por uma consulta de urgência em um pronto-socorro, independentemente do volume do sangramento. Não estando grávida, o parâmetro mais importante a ser observado é o volume do sangramento. Se for muito intenso, maior que o da sua menstruação, vale a mesma orientação anterior: procure um pronto-socorro com urgência.

Certifique-se de que o pronto-socorro escolhido disponha de ginecologista de plantão. Na maioria das vezes, entretanto, o sangramento costuma ser discreto ou similar ao de uma menstruação normal. Nesses casos, agende uma consulta com o seu ginecologista em não mais que uma ou duas semanas do início do sangramento, ainda que o sangramento cesse nesse intervalo.

  1. Após a primeira relação sexual com penetração vaginal costuma ocorrer sangramento devido ao rompimento do hímen, a pequena pele localizada na entrada da vagina das mulheres que nunca tiveram penetração vaginal.
  2. Esse sangramento pode ser vermelho vivo ou amarronzado e durar até quatro ou cinco dias.
  3. Também para este caso valem as orientações anteriores.

Outras situações:

Traumas: relações mais intensas podem provocar cortes ou lacerações na vulva, na vagina ou no colo uterino.Ectopias no colo uterino: vulgarmente conhecidas como «feridas no colo do útero», acontecem quando se exterioriza o tecido localizado na parte interna do canal do colo uterino, que é mais vascularizado. Miomas uterinos.Pólipos uterino.Ressecamento vaginal: vagina muito seca durante a relação, comum, por exemplo, na menopausa e durante a amamentação.Endometriose no colo do útero.Endometriose na vagina.Câncer do colo uterino.Câncer de vagina.Úlceras vulvares, vaginais ou de colo uterino.Alterações hormonais.Deslocamento do DIU da cavidade uterina.

Vale destacar que, na maioria das vezes, não se trata de situações urgentes, mas, ainda que discreta, a presença de sangramento após a relação sexual deve ser avaliada por um ginecologista. : Sangramento após a relação sexual | Mulhera

Tem como a virgindade voltar?

Meu hímen pode se regenerar se eu não tiver relações sexuais? – Diferente de qualquer outra parte do nosso corpo — como a pele ou um músculo — que após ser machucado ou sofrer uma lesão pode se regenerar, isso não é possível com o hímen. Ao identificar o seu tipo de hímen e ter certeza que ele foi rompido, ele não poderá se regenerar, pois se trata de uma membrana que depois de rompido, as partes que restam grudam nas paredes da vagina e tornam a regeneração natural impossível.

Qual é a cor do hímen?

O hímen é uma membrana rósea, da mesma cor da pele da vagina, que envolve a entrada da mesma por dentro.

É possível perder a virgindade com absorvente interno?

o absorvente interno é a melhor opção? – Ok, já sabemos que virgem pode usar absorvente interno e que ele não vai romper seu hímen. Entretanto, será que ele é de fato a melhor opção? Há mulheres que adoram, mas há outras que não conseguem se adaptar, porém acabam recorrendo a ele quando estão menstruadas e querem aproveitar um dia na praia ou na piscina.

  1. A boa notícia é que a pantys conta com uma linha de moda praia absorvente! Incrível, né? Ela é formada por modelos de biquínis lindos que possuem a mesma tecnologia das calcinhas absorventes.
  2. Assim, é possível pegar uma onda ou curtir a piscina unindo estilo, segurança e conforto, mesmo durante o período menstrual.
See also:  Como Saber Quem Parou De Me Seguir?

Conte conosco para trilhar a jornada do autoconhecimento e para conhecer produtinhos incríveis e sustentáveis para lidar com a menstruação 😉 conteúdo revisado pela ginecologista: Dra. Adriana Ramalho. CRM: 7615 Instagram: @dra.adrianaramalho o nosso portal menstrual é totalmente focado em fins educacionais e não se destina à tomada de decisões médicas.

É normal sentir dor ao perder a virgindade?

1. Não é normal sentir fortes dores ao perder a virgindade – «Quando consideramos a primeira relação sexual com penetração, existe um mito de que será muito doloroso e que terá, necessariamente, um sangramento, o que não é verdade», explica Carla. Continua após a publicidade A obstetra explica que cada experiência é diferente, uma vez que o hímen de cada mulher é diferente.

  • Sabemos que a relação sexual é carregada de ansiedade e reduzir a vagina somente à dor, estaremos minimizando todo contexto da relação.
  • As mulheres têm os músculos pélvicos, a lubrificação e muitas outras coisas que não só uma pele.
  • O incômodo pode se dar muito mais à tensão, mas uma dor insuportável não deve ser naturalizada».

«Esse estigma fica muito na anatomia, no físico, e pouco no psicológico. Pouco se fala no amor, em confiança, companheirismo, estar à vontade, isso sim irá influenciar no conforto da primeira relação sexual», complementa.

Por que dói tanto a primeira vez?

6. Não é para doer – Você já deve ter ouvido que «é normal» doer na primeira vez. Mas não. O sexo não pode ser algo doloroso, mesmo que na primeira vez. É um grande mito. Pode ser que se sinta um certo desconforto, mas não dor. Daí a importância de você estar bem preparada, conhecendo o seu corpo e sabendo que existe um hímen, que pode ser rompido, ou não, necessariamente.

  1. A dor, muitas vezes, acontece quando não há uma lubrificação adequada – e às vezes é preciso tempo mesmo para que a vagina fique lubrificada.
  2. O importante é estar tranquila, sem pressa e respeitando o tempo do seu próprio corpo.
  3. Claro que um pouco de nervosismo e ansiedade vão estar presentes.
  4. Daí uma saída é usar um lubrificante à base de água para ajudar.

Mas tem que tirar esse mito de que a primeira vez dói. O ato não é para ter dor, mas sim ser prazeroso! Inclusive, pode sangrar sim, mas isso também não é obrigatório, tá?

Quais os riscos da primeira vez?

O que pode acontecer na primeira vez? | DG Como Saber Que Perdeu A Virgindade Reprodução / Reprodução Recebemos muitas questões sobre a primeira vez e a virgindade. Este momento pode gerar insegurança. O ato sexual é muito abrangente e, muitas vezes, uma brincadeira pode ocasionar situações para as quais as meninas não estão preparadas ou não sabem o que aconteceu.

Separamos alguns tópicos: O hímen é uma película fina, com 3 milímetros de espessura, localizada na entrada da vagina. Ele tem o papel de proteger a região, já que, na infância, a menina não produz hormônios suficientes para se defender de infecções. Esta membrana possui orifícios de vários tipos que recebem nomes diferentes: anular, bilabiado, cribriforme, septado/separado ou complacente/elástico, que é aquele que possui uma abertura maior e suporta a passagem do pênis sem se romper.

Embora geralmente se rompa assim que o pênis penetra na vagina, a membrana também pode ser rompida num acidente ou na introdução de um dedo. Homens e mulheres devem saber que a primeira relação sexual não precisa, necessariamente, doer. Primeiramente, porque o hímen não tem nenhuma enervação para transmitir a dor.

Depois, porque durante o ato sexual, a vagina se dilata para receber o pênis. Assim, quando a mulher está excitada, o órgão desliza pelas paredes da vagina devido à sua lubrificação. Muitas vezes, a tensão do momento e o lugar escolhido não ajudam o casal a relaxar e, deste modo, o clima tenso impede que a mulher se prepare para a penetração.

O rompimento pode ocorrer em várias partes do hímen. Quando acontece em um local por onde passa um vaso sanguíneo, poderá sangrar em quantidade maior ou menor. Assim, algumas mulheres sangram na primeira relação sexual devido à ruptura do hímen. Em outras, o sangramento pode acontecer porque faltou tranquilidade na hora H.

Como saber se o hímen foi rompido com o dedo?

Somente através de um exame ginecológico o médico é capaz de afirmar se o hímen foi rompido ou não.

O que acontece quando o hímen não se rompe?

  1. Home
  2. Noticias sobre Saúde
  3. Artigos sobre Saúde geral

Saúde Hímen complacente ou elástico não se rompe e pode causar dor no ato sexual Tratamento pode ser realizado em qualquer fase do desenvolvimento Graduado em Medicina pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo em 1981 e doutor em Mastologia pela Universidade. i Como Saber Que Perdeu A Virgindade Foto: GettyImages Publicado em 19 de novembro de 2015 Primeiro precisamos entender que o hímen é uma membrana incompleta que separa a região da vulva da entrada da vagina. Na fase embrionária ela é fechada e, antes do nascimento, ocorre uma destruição das células do seu centro abrindo assim uma passagem.

  • Imperfurado: essa é a alteração mais comum das malformações do hímen que obstruem a vagina. Nesse caso o sangue menstrual fica acumulado no hímen, principalmente na adolescência, levando muitas vezes a um quadro emergencial – uma vez que esse acúmulo causa dor. Chamamos isto de Criptomenorreia, ou seja, sangramento escondido.
  • Abertura incompleta: esse é o hímen microperfurado, septado (trave na abertura) e cribriforme com várias perfurações. Estes quadros não levam à obstrução da menstruação.
  • Hímen anular (em forma de anel): esse é o mais comum. Pode ocorrer, em alguns casos, um anel fibroso a sua volta, que forma o hímen complacente. Assim como as aberturas incompletas, ele pode impedir uma relação sexual com penetração ou torna-la muito dolorosa, já que ele não se rompe.

Estas alterações anatômicas podem ser vistas e avaliadas em exame clínico simples. O tratamento pode acontecer em qualquer momento do desenvolvimento da criança e adolescente. Em alguns casos, a cirurgia torna-se necessária. Ela é simples, feita com anestesia e refaz a abertura adequada da vagina.

Durante as primeiras relações sexuais, o hímen é rompido e pode levar a um sangramento discreto. As mulheres e adolescentes devem conhecer seus corpos. E é importante que elas saibam que mesmo sem terem tido relações sexuais, podem usar absorventes internos sem qualquer problema. Se a sexualidade já é cheia de preconceitos e tabus entre nós, o hímen é onde eles se concretizam.

Até muito pouco tempo atrás, em 2003, a nossa constituição determinava que o casamento poderia ser anulado se a mulher não fosse virgem. Com isso, em muitos lugares a plástica para refazer o hímen se tornou comum. Devemos educar a sociedade e mostrar que a sexualidade da mulher é muito mais que o hímen.

É possível romper o hímen e não sangrar?

6. Todo hímen sangra quando se rompe? – Na maioria dos casos, sim, mas pode não sangrar. O que ocorre geralmente é um sangramento em pequena quantidade, vermelho vivo, e é absolutamente normal.