Moulin Rouge | Temuco

Consejos | Trucos | Comentarios

Quando Passares Pelas Aguas?

Quando passares sobre as águas?

Bíblia JFA Offline Isaías – 43 1. Mas agora, assim diz o Senhor que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu.2. Quando passares pelas águas, eu serei contigo; quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti.3.

Porque eu sou o Senhor teu Deus, o Santo de Israel, o teu Salvador; por teu resgate dei o Egito, e em teu lugar a Etiópia e Seba.4. Visto que foste precioso aos meus olhos, e és digno de honra e eu te amo, portanto darei homens por ti, e esses povos pela tua vida.5. Não temas, pois, porque eu sou contigo; trarei a tua descendência desde o Oriente, e te ajuntarei desde o Ocidente.6.

Direi ao Norte: Dá; e ao Sul: Não retenhas; trazei meus filhos de longe, e minhas filhas das extremidades da terra; 7. a todo aquele que é chamado pelo meu nome, e que criei para minha glória, e que formei e fiz.8. Fazei sair o povo que é cego e tem olhos; e os surdos que têm ouvidos.9.

  1. Todas as nações se congreguem, e os povos se reúnam; quem dentre eles pode anunciar isso, e mostrar-nos coisas já passadas? apresentem as suas testemunhas, para que se justifiquem; e para que se ouça, e se diga: Verdade é.10.
  2. Vós sois as minhas testemunhas, do Senhor, e o meu servo, a quem escolhi; para que o saibais, e me creiais e entendais que eu sou o mesmo; antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá.11.

Eu, eu sou o Senhor, e fora de mim não há salvador.12. Eu anunciei, e eu salvei, e eu o mostrei; e deus estranho não houve entre vós; portanto vós sois as minhas testemunhas, diz o Senhor.13. Eu sou Deus; também de hoje em diante, eu o sou; e ninguém há que possa fazer escapar das minhas mãos; operando eu, quem impedirá? 14.

  • Assim diz o Senhor, vosso Redentor, o Santo de Israel: Por amor de vós enviarei a Babilônia, e a todos os fugitivos farei embarcar até os caldeus, nos navios com que se vangloriavam.15.
  • Eu sou o Senhor, vosso Santo, o Criador de Israel, vosso Rei.16.
  • Assim diz o Senhor, o que preparou no mar um caminho, e nas águas impetuosas uma vereda; 17.

o que faz sair o carro e o cavalo, o exército e a força; eles juntamente se deitam, e jamais se levantarão; estão extintos, apagados como uma torcida.18. Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas.19. Eis que faço uma coisa nova; agora está saindo à luz; porventura não a percebeis? eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.20.

Os animais do campo me honrarão, os chacais e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu escolhido, 21. esse povo que formei para mim, para que publicasse o meu louvor.22. Contudo tu não me invocaste a mim, ó Jacó; mas te cansaste de mim, ó Israel.23.

Não me trouxeste o gado miúdo dos teus holocaustos, nem me honraste com os teus sacrifícios; não te fiz servir com ofertas, nem te fatiguei com incenso.24. Não me compraste por dinheiro cana aromática, nem com a gordura dos teus sacrifícios me satisfizeste; mas me deste trabalho com os teus pecados, e me cansaste com as tuas iniqüidades.25.

Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim, e dos teus pecados não me lembro.26. Procura lembrar-me; entremos juntos em juízo; apresenta as tuas razões, para que te possas justificar! 27. Teu primeiro pai pecou, e os teus intérpretes prevaricaram contra mim.28. Pelo que profanei os príncipes do santuário; e entreguei Jacó ao anátema, e Israel ao opróbrio.

: Bíblia JFA Offline

O que Isaías quis dizer no capítulo 43?

1 Porém agora, assim diz o Senhor que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu a te redimi ; chamei-te pelo teu nome, tu és meu.2 Quando passares pelas a águas estarei contigo, e quando pelos rios, não te submergirão; quando passares pelo b fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti.3 Porque eu sou o Senhor teu Deus, o a Santo de Israel, o teu b Salvador ; dei o c Egito por teu d resgate, Etiópia e Seba em teu lugar.4 Enquanto foste a precioso aos meus olhos, também foste glorificado, e eu te amei, pelo que dei os homens por ti, e os povos, pela tua alma.5 a Não temas, pois, porque estou contigo; b trarei a tua semente desde o oriente, e te ajuntarei desde o ocidente.6 Direi ao norte: a Dá ; e ao sul: Não retenhas; b trazei os meus filhos de longe, e as minhas filhas, das extremidades da terra.7 Todos os chamados pelo meu nome, e os que criei para a a minha glória, os formei, e também os fiz.8 Trazei o povo cego, que tem olhos; e os surdos, que têm ouvidos.9 Todas as nações se congreguem juntamente, e os povos se reúnam; quem dentre eles pode anunciar isso, e fazer-nos ouvir as coisas antigas? Apresentem as suas testemunhas, para que se justifiquem, e se ouça, e se diga: Verdade é.10 a Vós sois as minhas b testemunhas, diz o Senhor, e o meu servo, a quem c escolhi ; para que o saibais, e d creiais em mim, e entendais que eu sou o mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá.11 Eu, eu sou o Senhor, e a além de mim não há b Salvador,12 Eu anunciei, e eu salvei, e eu o fiz ouvir, e deus estranho não houve entre vós, pois vós sois as minhas testemunhas, diz o Senhor ; eu sou Deus.13 Ainda antes que houvesse dia, eu sou; e ninguém há que possa fazer escapar das minhas mãos; fazendo eu, quem o fará reverter? 14 Assim diz o Senhor, teu a Redentor, o Santo de Israel: Por causa de vós enviei inimigos a Babilônia, e a todos os fiz descer como fugitivos, a saber, os caldeus, nos navios em que exultavam.15 Eu sou o Senhor, vosso Santo, o Criador de Israel, vosso a Rei,16 Assim diz o Senhor, o que a preparou no mar um caminho, e nas águas impetuosas, uma vereda, 17 O que trouxe o carro e o cavalo, o exército e a força; eles juntamente se a deitaram, e nunca se levantarão; já estão apagados; como um pavio se apagaram.18 Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas.19 Eis que farei uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a sabereis? porque porei um caminho no a deserto, e b rios no ermo.20 Os animais do campo me servirão, os chacais, e os filhos do avestruz; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.21 Esse a povo formei para mim; o meu louvor relatarão.22 Contudo tu não me invocaste a mim, ó Jacó, mas te cansaste de mim, ó Israel.23 Não me trouxeste o a gado miúdo dos teus holocaustos, nem me honraste com os teus sacrifícios; não te fiz servir com presentes, nem te fatiguei com incenso.24 Não me compraste por dinheiro a cana aromática, nem com a gordura dos teus sacrifícios me satisfizeste, mas me deste trabalho com os teus pecados, e me cansaste com as tuas maldades.25 Eu, eu sou o que a apago as tuas transgressões por b causa de mim, e dos teus pecados não me lembro.26 Faze-me lembrar; entremos em juízo juntamente; a aponta tu as tuas razões, para que te possa justificar.27 Teu a primeiro pai pecou, e os teus intérpretes transgrediram contra mim.28 Pelo que a profanarei os b maiorais do santuário, e farei de Jacó um anátema, e de Israel um opróbrio.

O que quer dizer Isaías 43 13?

155ª Semana 155ª Semana – Isaías 43:13 – Deus está no controle de tudo Texto Chave: «Ainda antes que houvesse dia, eu sou; e ninguém há que possa fazer escapar das minhas mãos». Isaías 43:13 a.

Objetivo da Lição: «O discípulo deverá ser capaz de entender a abrangência do controle divino; aceitar o controle de Deus para sua vida e compreender o que acontece quando Deus está no controle. Enfatizar:

a) Essa lição leva-nos a meditar no fato de que Deus está no controle de todas as coisas, pois Ele é o criador. Existem dois princípios importantes e fundamentais para se entender o que significa Deus está no controle. Primeiro, Ele pode interferir a hora que quiser, do jeito que quiser e da maneira como bem entender.

  • Isso não significa manipular o processo o tempo todo.
  • Segundo, Deus está no controle de todo o Universo, incluindo o mundo a anjos e também demônios e o próprio Satanás (Sl.119:91; Lc.4:36).
  • Deus estando no controle, pode tomar qualquer atitude para fazer mudanças, substituir, tirar, colocar, abrir, fechar, fazer parar, mudar os procedimentos, as regras, as leis, no momento que achar conveniente, porque Ele está no controle.

Sua sabedoria e seu poder são totais. b) Deus está no controle do mundo espiritual – Isso inclui todos os espaços, principados e potestades. Deus está a cima de tudo. Todas as ações do inimigo estão sob o controle divino. c) Deus controla o Universo – Foi Deus quem estabeleceu todas as leis que regem o Universo.

Todas as coisas criadas seguem o rumo, as regras que lhes foi determinado. (Sl.19:1,2). d) Deus controla a história – Sl.24:1. O homem constrói a sua história e, em conseqüência surge a história das nações, mas Deus está no controle. e) Deus controla o inexistente – antes que algo aconteça, as coisas já estão sob o controle divino.

Ele controla a vida de cada ser humano antes do seu nascimento (Sl.139:16). Ele determina cada particularidade (Sl.139:13,15). Deus consentiu no nosso nascimento porque Ele tem propósitos específicos com as nossas vidas. f) Estamos vivos, trabalhando, caminhando, conversando, pensando, respirando, é o que Ele faz por nós (At.17:28).

  1. Tudo isso é motivo de amá-Lo, louvá-lo e obedecê-lo.
  2. Ele sustenta no momento certo.
  3. Ajuda para desenvolver a lição: Há um tempo certo para todas as coisas (Ec.3:1).
  4. Não aguarde a benção questionando, murmurando ou invejando alguém que é mais novo na fé e tem sido abençoado.
  5. Deus conhece todas as coisas.

Enquanto o milagre não acontece, alegre o seu coração, cante louvores, agradeça a benção por antecedência. Exalte o nome do Senhor, glorifique o Senhor porque Ele controla todas as coisas. SUGESTÕES: (Obs. Veja matéria completa sobre o tema no Site da Igreja da Família).1.

Ouça um louvor (DVD, CD.) (Obs. CD de louvor na Livraria da Igreja) 2. Oração Inicial 3. Discutir o assunto com todos os presentes pedindo a opinião de cada participante.4. Encerrar estimulando os presentes a decorar o texto-chave, em seguida faça uma oração agradecendo a Deus por cada vida presente. Estudos Lições da Palavra de Deus nº 27, Ano 7 -A Base para uma Vida Feliz,Central Gospel.

: 155ª Semana

Quando passares pelas águas eu estarei contigo NVI?

Quando você atravessar as águas, eu estarei com você ; quando você atravessar os rios, eles não o encobrirão. Quando você andar através do fogo, não se queimará; as chamas não o deixarão em brasas.

O que a Bíblia fala sobre coisas passadas?

Isaías 43:18-19 Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas. Eis que farei uma coisa nova, e, agora, sairá à luz; porventura, não a sabereis? Eis que porei um caminho no deserto e rios, no ermo. ARC: Almeida Revista e Corrigida : Isaías 43:18-19

Quando estiver frente ao mar Bíblia?

Êxodo 14:21 NVT Então Moisés estendeu a mão sobre o mar e, com um forte vento leste, o SENHOR abriu caminho no meio das águas. O vento soprou a noite toda, transformando o fundo do mar em terra seca.

O que Deus quer falar em Isaías?

Isaías é o primeiro dos profetas maiores e o primeiro profeta a falar sobre a vinda do Messias. Por meio dele e de sua profecia, Deus mostrou ao povo Seus dois lados: misericórdia e juízo, justiça e perdão, exílio e salvação.

O que quer dizer Isaías 43 versículo 1 e 2?

Deus tem o melhor para os seus. Precisamos entregar as nossas vidas a Ele, pois, assim, alcançaremos a promessa de viver na eternidade ao lado Daquele que é o Senhor dos senhores.

O que significa Isaías 44 O que quer dizer?

Palavra do leitor – Apesar de Israel ter pecado tanto, ter sido, por um tempo, idólatra, começando com a tribo de Dã, no livro de juízes, onde ele começou sistematicamente a pecar, pois até um sacerdote foi posto na casa de Mica. Mais Deus aqui continua a amar Israel, apesar disso,pois é seu povo, Jesurum, o justo, título dado em Deuteronômio 32.15.Isaías 44:3 Deus promete derramar o Espírito Santo, bênção cumprida no livro de Atos, quando ele foi derramado sobre seu povo, e todos foram cheios, e todas as bênçãos advindas disso, e a vida de prodígios sem fim.

  1. Algo bem interessante é a narração que ele faz dos fazedores de ídolos, e com riquezas de detalhes e mordaz sarcasmo, zomba do poder (ou falta dele) desses ídolos, que de novo são chamados para para mostrarem seus poderes, o que não é possível, posto que não são deuses, não fazem nem bem nem mal.
  2. Pegam madeira das árvores, fazem talhes detalhados nelas; da mesma forma os ferreiros fazem um belo trabalho fazendo os ídolos, e eles mesmos não param para pensar que se são eles que fabricam, então os fabricantes têm mais poderes que eles.
See also:  O Que Significa Lgbtqia?

Estão cegos demais para entenderem isso. Paulo lança luz sobre isso quando diz que por trás desses ídolos estão os demônios,pois os ídolos em si mesmos não valem nada. Só Deus é Deus. Nos versos 6-8 há uma prova de que Ele sabe o futuro, coisa que nenhum deus jamais fez; só o Senhor sabe o futuro e sabe o que vai acontecer na história da humanidade.

Mais uma vez ele diz que Israel é testemunha do cumprimento dessas profecias, povo tão peculiar de Deus. Há uma crítica àqueles que se alimentam de cinzas, que alimentam seus sistemas filosóficos que não pode satisfazer a ninguém ou os agnósticos, e todos aqueles que zombam de Deus e do Evangelho, o único que pode salvar, e Deus cobra de todos que pecam, e eles colhem aquilo que plantaram, pois é Deus quem faz isso.

Não adianta querer achar que sua forma de pensar é a forma certa, e Deus não existe, pois Ele não precisa da aprovação do homem para existir, Deus é grande em si mesmo, e nada nem ninguém pode mudar isso, nem provar o contrário.Do provém dele e ele é o referencial da sabedoria e da perfeição em seu mais alto grau, se é que se pode dizer que existe grau para a perfeição de Deus, o que é muito improvável, pois é infinito em sabedorias e poder.

Outra coisa que prova seu poder, o fato do templo ser de novo fundado, algo que ninguém acreditava mais, pois depois de setenta anos o templo foi fundado,quando a terra estava abandonada, sem morador algum, e os muros foram reerguidos, com Neemias, em 52 dias só, apesar de muitos povos serem contra e terem feito de tudo para a obra parar mais de dez anos;mas no tempo certo foi terminado o templo, e isso sem que ninguém achasse que iria acontecer, pois um pagão, Ciro, deu a ordem para essas reconstruções.

Deus é o Deus da história. Os artigos e comentrios publicados na seo Palavra do Leitor so de nica e exclusiva responsabilidade dos seus autores e no representam a opinio da Editora ULTIMATO.

O que significa Isaías 43 18 19?

Isaías 43:18,19 – Uma Palavra de Esperança para sua vida «N ão vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas. Eis que farei uma coisa nova, e, agora, sairá à luz; porventura, não a sabereis? Eis que porei um caminho no deserto e rios, no ermo.» Isaías 43:18,19

O que quer dizer Isaías 43 16?

Cara Comunidade: O livro de Isaías reúne tradições proféticas de quase 4 séculos, perpassando o início de sua própria pregação, por volta de 740 a.C até a redação final, que se dera em torno de 400 a.C. Durante este longo período, Judá sofreu a dominação assíria, posteriormente a caldeia e, finalmente, a persa.

O texto indica um novo tempo. Nele, Deus fala ao seu povo de modo tal que já não é mais possível permanecer preso ao passado; mas que é preciso abertura para o novo tempo que virá. Abertura para o novo! Quanto não nos traz às ideias este desafio Por vezes, na nossa caminhada de peregrinos por estes vastos terrenos de desertos e de desconhecido, sentimos a necessidade de nos prendermos a um período passado, onde havia segurança, onde havia felicidade, onde éramos alegres.

Nós vamos caminhando e, de repente, um tombo, uma desilusão, uma perda muito grande, um vazio. Tudo isso. Assim é viver como peregrinos. Ocorre que, no mais das vezes, nós nos iludimos com verdades criadas nessas memórias romanceadas do passado. Como já ocorreu, não há o que nos surpreender.

Aí temos a possibilidade de recontar histórias a nós mesmos que nos sejam reconfortantes e que não nos colocam no incerto da vida cotidiana. Tudo se torna maravilhoso e poético. Deus nos coloca, então, o desafio: «Não fiquem lembrando do que aconteceu no passado, não continuem pensando nas coisas que fiz há muito tempo.

Pois agora vou fazer uma coisa nova que logo vai acontecer.» A vida é para ser vivida. Como disse Thomas Mann em «Doktor Faustus»: » o conhecimento deve ser construído sobre vastos espaços de vazio «. Assim, também nossa vida como um todo deve ser experimentada – e edificada nossa personalidade – sobre vastos espaços de desconhecido e de árido.

  • A nossa confiança em Deus nos permite dar esses passos fundamentais porque Ele cumpre suas promessas ao povo; Ele se compromete com esse povo, que somos nós, na jornada de peregrinação pela terra.
  • Ele diz:- sigam em frente, estou com vocês ! O texto, não por acaso, encontra-se previsto para o tempo de Quaresma; período muito especial para nossa espiritualidade, em que nos preparamos para uma vida comprometida com Deus, intensa e repleta de alternativas.

Época apropriada para a realização de jejuns, de reflexão, de auto-análise. Boa época para pararmos de atacar os outros, vendo culpa pelas frustrações próprias na conduta alheia; boa época para reconhecermos que tudo o que passamos é consequência das nossas próprias opções.

  • Pode alguém dizer:- «ah, mas a desgraça pela qual passei não foi culpa minha».
  • Ainda que não pudéssemos evitar certo acontecimento, o como isto afeta nosso cotidiano é responsabilidade nossa.
  • Deus nos diz para seguirmos em frente, vivendo intensamente; aproveitando cada minuto para nosso crescimento em solidariedade, em compreensão e, em suma, no amor.

Há uma mensagem de Dietrich Bonhoeffer (teólogo, místico, pastor luterano, assassinado pelos nazistas por sua participação no movimento de resistência ao regime) que diz o seguinte e que está no folheto que vocês têm em mãos: O primeiro serviço que alguém deve ao outro na comunidade é ouvi-lo.

Assim como o amor a Deus começa com o ouvir a sua Palavra, assim também o amor ao irmão começa com aprender a escutá-lo. É prova do amor de Deus para conosco que não apenas nos dá sua Palavra, mas também nos empresta o ouvido. Portanto é realizar a obra de Deus no irmão quando aprendemos a ouvi-lo. Cristãos e especialmente os pregadores, sempre acham que tem algo a oferecer quando se encontram na companhia de outras pessoas, como se isso fosse o seu único serviço.

Esquecem que ouvir pode ser um serviço maior do que falar. Muitas pessoas procuram um ouvido atento, e não o encontram entre os cristãos, porque esses falam quando deveriam ouvir.» Um novo tempo! O texto caracteriza-se por proclamar a salvação como processo de transformação da realidade, não só para o povo mas para a própria natureza.

  • A vinda de Deus nos coloca em movimento.
  • Cansados e abatidos são fortalecidos pela Sua presença.
  • Ele nos liberta, Ele nos revigora.
  • Para que? Para que possamos ter um tempo qualitativamente melhor.
  • Para que possamos viver intensamente, respondendo ao seu chamado com vigor ao nos comprometermos com as pessoas.

Para que possamos ouvir mais, falar menos, ponderar. Para que possamos ser honestos com nossos semelhantes, buscando contribuir para a edificação de um ambiente de respeito, onde a traição e a maledicência (que tanto atormentam nossas comunidades e o mundo) não tenham espaço propício para se desenvolverem.

  1. Aproveitamos este momento para, conscientes de que somos multiplamente agraciados por Deus, refletir sobre nossas vidas e nossas práticas, buscando o essencial e, assim, respondendo ao chamado com comprometimento responsável com nosso semelhante.
  2. Evangelho é amor que se concretiza na solidariedade.
  3. Não há cristão que não seja solidário, que não seja companheiro.

Se não é companheiro, se não é solidário, não é discípulo de Jesus. Minha oração é que possamos todos aproveitar este período muito especial para refletirmos sobre nós mesmos, nos afastarmos das ilusões e, finalmente, dar vigorosa resposta a Deus que se concretiza na responsabilidade, no respeito profundo a todo ser humano e na solidariedade.

O que diz o texto de Isaías 43 10?

10 a Vós sois as minhas b testemunhas, diz o Senhor, e o meu servo, a quem c escolhi; para que o saibais, e d creiais em mim, e entendais que eu sou o mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá.

O que diz o salmo 37 24?

1 Não te indignes por causa dos malfeitores, nem tenhas inveja dos que praticam a iniquidade.2 Porque cedo serão a ceifados como a relva, e murcharão como a erva verde.3 Confia no Senhor e faze o bem; habitarás na terra, e verdadeiramente serás alimentado.4 Deleita-te também no Senhor, e te concederá os a desejos do teu coração.5 Entrega o teu a caminho ao Senhor ; confia nele, e ele o fará.6 E ele a fará sobressair a tua justiça como a luz, e o teu juízo, como o meio-dia.7 Descansa no Senhor, e a espera nele; não te indignes por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa astutos intentos.8 Deixa a a ira, e abandona o furor; não te indignes, porque isso só leva ao mal.9 Porque os malfeitores serão a desarraigados ; mas aqueles que esperam no Senhor herdarão a b terra,10 Mais um pouco, e o ímpio já não existirá; olharás para o seu lugar, e não aparecerá.11 Mas os a mansos herdarão a terra, e se b deleitarão na abundância de paz.12 O ímpio maquina contra o justo, e contra ele range os dentes.13 O Senhor se rirá dele, pois vê que vem chegando o seu dia.14 Os ímpios puxaram da espada e entesaram o arco, para derrubarem o pobre e necessitado, e para matarem os de reta conduta.15 Porém a sua espada lhes entrará no coração, e os seus arcos se quebrarão.16 Vale mais o a pouco que tem o b justo, do que as c riquezas de muitos ímpios.17 Pois os braços dos ímpios se quebrarão; mas o Senhor sustém os justos.18 O Senhor conhece os dias dos retos, e a a herança deles permanecerá para sempre.19 Não serão envergonhados nos dias maus, e nos dias de fome se fartarão.20 Mas os ímpios perecerão, e os inimigos do Senhor serão como a gordura dos cordeiros; desaparecerão, e em fumaça se desfarão.21 O ímpio a toma emprestado, e não paga; mas o justo se compadece, e dá.22 Porque aqueles que ele abençoa herdarão a terra, e aqueles que forem por ele a amaldiçoados serão desarraigados.23 Os passos de um homem bom são firmados pelo Senhor, e deleita-se no seu caminho.24 Ainda que caia, não ficará prostrado, pois o Senhor o sustém com a sua mão.25 Fui moço, e agora sou velho, mas nunca vi desamparado o a justo, nem a sua semente a mendigar o pão.26 Compadece-se sempre, e empresta, e a sua semente é abençoada.27 Aparta-te do mal e faze o bem; e terás morada para sempre.28 Porque o Senhor ama o a juízo e não desampara os seus santos; eles são preservados para sempre, mas a semente dos ímpios será desarraigada.29 Os justos herdarão a terra e habitarão nela para sempre.30 A boca do justo fala a sabedoria; a sua língua fala justiça.31 A a lei do seu Deus está em seu b coração ; os seus passos não resvalarão.32 O ímpio espreita o justo, e procura matá-lo.33 O Senhor não o deixará em suas mãos, nem o condenará quando for julgado.34 a Espera no Senhor, e guarda o seu caminho, e ele te exaltará para herdares a terra; tu o verás quando os ímpios forem desarraigados.35 Vi o ímpio com grande poder espalhar-se como a árvore verde na terra natal.36 Mas passou e já não aparece; procurei-o, mas não se pôde encontrar.37 Nota o homem a íntegro, e considera o reto, porque o fim desse homem é a b paz,38 Quanto aos transgressores, serão juntamente destruídos, e o futuro dos ímpios será destruído.39 Mas a a salvação dos justos vem do Senhor ; ele é a sua fortaleza no tempo da angústia.40 E o Senhor os ajudará e os livrará; ele os livrará dos ímpios e os salvará, porquanto confiam nele.

O que está escrito em Provérbios 4 23?

1 a Ouvi, filhos, a correção do pai, e estai atentos para conhecerdes o entendimento.2 Pois dou-vos boa doutrina; não deixeis a minha lei.3 Porque eu era filho de meu pai, tenro e único em estima diante de minha mãe.4 E ele ensinava-me, e dizia-me: Retenha as minhas palavras o teu coração; guarda os meus mandamentos, e vive.5 Adquire a sabedoria, adquire a inteligência, e não te esqueças nem te apartes das palavras da minha boca.6 Não a desampares, e ela te guardará; ama-a, e ela te conservará.7 O principal é a a sabedoria ; adquire, pois, a sabedoria, e com tudo o que possuis adquire o entendimento.8 Exalta-a, e ela te exaltará; e abraçando-a tu, ela te honrará.9 Dará à tua cabeça um diadema de graça, e uma coroa de a glória te entregará.10 Ouve, filho meu, e aceita as minhas palavras, e se te multiplicarão os anos de vida.11 No caminho da sabedoria te ensinei, e pelas veredas da retidão te fiz andar.12 Por elas andando, não se a estreitarão os teus passos; e se b correres, não tropeçarás.13 a Apega-te à correção e não a largues; guarda-a, porque ela é a tua vida.14 Não entres na vereda dos ímpios, nem andes pelo caminho dos maus.15 Rejeita-o; não passes por ele; desvia-te dele e passa de largo.16 Pois não dormem, se não fizerem o mal, e foge deles o sono se não fizerem alguém tropeçar.17 Porque comem o pão da impiedade, e bebem o vinho da violência.18 Porém a a vereda dos justos é como a b luz resplandecente, que brilha mais e mais até o dia perfeito.19 O caminho dos ímpios é como a a escuridão ; nem sabem em que tropeçarão.20 Filho meu, atenta para as minhas palavras; às minhas razões, inclina o teu ouvido.21 Não as deixes apartar-se dos teus a olhos ; guarda-as no meio do teu coração.22 Porque são a vida para os que as acham, e saúde para todo o seu corpo.23 Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida.24 Desvia de ti a falsidade da boca, e afasta de ti a perversidade dos lábios.25 Os teus olhos olhem para a frente, e as tuas pálpebras olhem diretamente diante de ti.26 a Pondera a vereda de teus pés, e todos os teus caminhos sejam bem ordenados! 27 Não declines nem para a direita nem para a esquerda; retira o teu pé do mal.

See also:  O Que Fazer Em Porto Seguro?

O que quer dizer em Isaías 43 2?

Isaías 43:2 06 de Novembro de 2009 «Quando passares pelas águas estarei contigo, e quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti.» Isaías 43:2 Pensamento: Quantas adversidades passamos na vida? Problemas familiares, no trabalho, dificuldades financeiras, crises em relacionamentos, adversidades que à s vezes, nós mesmos criamos? Todas essas adversidades são as águas, os rios, o fogo, a chama.

Servem para nos fazer crescer, na fé e na vida. Mas não passamos por nada disso sozinhos, porque há um Deus, que nos ama incondicionalmente, não Permite que nada venha sobre nós se não possamos suportar e sempre cuida de cada um de nós. Basta estarmos em oração. Oração: Senhor, dai-nos força para suportar toda adversidade, dai-nos sabedoria para enfrentar cada problema sem criar mais conflitos.

Que possamos ser fortes com o Senhor para vencer sempre as dificuldades e ter gratidão para Te agradecer por cada vitória. Amém. Enviado por: Gabriele Papel de Parede do Dia

Download

: Isaías 43:2

O que Jesus falou sobre o passado?

Versículos sobre Passado Passado é tudo o que foi anterior ao que vivemos atualmente. O passado pode nos trazer boas e más lembranças. Podemos olhar para o passado e ver quantas coisas Deus já fez e assim seguirmos em frente. Cristo nos ensinou a olharmos para frente, para o futuro.

Se não temos boas lembranças, o passado pode nos machucar. Por isso, devemos voltar nossos olhos para Cristo que nos alivia de toda dor. Quando aceitamos a Cristo, o passado já passou! Somos nova criatura e temos a possibilidade – em Cristo – de escrever uma nova história! Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação.

As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas!

  • «Esqueçam o que se foi; não vivam no passado.

Jesus respondeu: «Ninguém que põe a mão no arado e olha para trás é apto para o Reino de Deus». Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, Quando eu era menino, falava como menino, pensava como menino e raciocinava como menino.

  1. Lembro-me, Senhor, das tuas ordenanças do passado e nelas acho consolo.
  • Aquilo que é, já foi, e o que será, já foi anteriormente; Deus investigará o passado.

Não diga: «Por que os dias do passado foram melhores que os de hoje?» Pois não é sábio fazer esse tipo de pergunta. Disse Deus: «Haja luminares no firma­mento do céu para separar o dia da noite. Sir­vam eles de sinais para marcar estações, dias e anos, e sirvam de lu­minares no firmamento do céu para ilu­minar a terra».

  1. Os dias do homem estão determinados; tu decretaste o número de seus meses e estabeleceste limites que ele não pode ultrapassar.

Pois tudo o que foi escrito no passado foi escrito para nos ensinar, de forma que, por meio da perseverança e do bom ânimo procedentes das Escrituras, mantenhamos a nossa esperança.

  • Eles reconstruirão as velhas ruínas e restaurarão os antigos escombros; renovarão as cidades arruinadas que têm sido devastadas de geração em geração.

Lembrem-se das coisas passadas, das coisas muito antigas! Eu sou Deus, e não há nenhum outro; eu sou Deus, e não há nenhum como eu. «Pois vejam! Criarei novos céus e nova terra, e as coisas passadas não serão lembradas. Jamais virão à mente! Essas coisas aconteceram a eles como exemplos e foram escritas como advertência para nós, sobre quem tem chegado o fim dos tempos.

Qual versículo que fala sobre passado?

» Remorso é o excesso de passado. Ansiedade o é excesso de futuro. Então viva o presente! » Em Filipenses 3:13, o apóstolo Paulo disse que havia algo que ele estava se esforçando para fazer: «esquecer-se das coisas que ficaram para trás.» Eu imagino que Paulo tenha tentado corrigir os erros do passado e viu que isso era impossível fazer.

  • Antes de conhecer a Jesus Cristo, ele era um homem mau, que mandava prender e matar cristãos da sua época.
  • Imagine o arrependimento que ele deve ter sentido ao ver que ele matou o povo que agora era sua família.
  • E como ele conseguiu superar isso e ainda ser um homem usado por Deus, livre de condenação e culpa? Ele responde no versículo seguinte: «Eu prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus.» Paulo decidiu que havia somente uma coisa a ser feita com o passado: entregá-lo para Deus! E só havia uma coisa a ser feita no seu dia-a-dia: viver para Deus, atendendo o chamado de pregar o Evangelho, amar ao próximo e ao Senhor acima de todas as coisas! Quando colocamos Deus como prioridade em nosso ser, Ele toma nossas confusões e as transformam em milagres, além de usar os nossos erros para o nosso bem, se confiarmos Nele.

Decida hoje aceitar o perdão de Deus e abandone suas cinzas. Se você pediu perdão, saiba que Ele não se lembra mais dos seus erros. O mundo em que estamos vivendo está em crise, mas você pode estar em Cristo! Tudo depende da sua escolha. Se ficarmos arraigados nos erros que cometemos, deixaremos de ver as oportunidades do dia a dia, deixaremos de sonhar e a vida se tornará terrível.

  1. Por isso dê um passo hoje, amanhã dê outro, e logo você terá ido bem mais longe do que já imaginou.
  2. Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes; E Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são; 1 Coríntios 1:27,28.

Esqueça o que passou e avance para o alvo que é Cristo! Todo o resto irá passar, mas aquele que fizer a vontade de Deus permanecerá para sempre! 1 João 2:17.

Quando Passares Pelas Aguas Post Colaborativo por Estevão Ferreira Loures Macuco. A construção de seu sonho começa na mesa do arquiteto. O desafio de traduzir este conceito para a linguagem visual e verbal. Levando em consideração a carga emocional que estruturas carregam, Leia mais Quando Passares Pelas Aguas Reunimos o pessoal para um coffee break de lançamento do nosso novo site. Quando Passares Pelas Aguas Vem ai, 1° WS de Fotografia de Arquitetura e Interiores de Presidente Prudente. O evento será realizado nos dias 8 e 9 de Abril de 2017, onde os participantes terão a oportunidade de aprender um Leia mais Quando Passares Pelas Aguas Gratidão Um coração grato deve ser uma realidade na vida de qualquer pessoa. Porque quem sabe que é salvo através do sacrifício de Jesus, sabe que não fez nada para ganhar essa recompensa, mas que Leia mais «Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu. Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou; Leia mais Quando Passares Pelas Aguas Salmos: 37.1. Ao mestre de música. Um salmo de Davi, servo do SENHOR. Não te indignes por causa das más pessoas; nem tenhas inveja daqueles que praticam a injustiça.2. Pois eles em pouco Leia mais Quando Passares Pelas Aguas Realizado no último sábado, 10 de março de 2018, o 1° MeetUp de Integração das equipes Marcos Fróis Arquitetura e 4F CONSTRUÇÕES serviu também como um evento para o compartilhamento com os mesmos sobre o Leia mais Quando Passares Pelas Aguas No dia 16 de março, parte da equipe Marcos Frois Arquitetura esteve presente na Expo Revestir 2018, conhecida como «a fashion week da Arquitetura e Construção», em São Paulo. A visita ocorreu durante um dos Leia mais

O que significa quando Deus te chama pelo nome?

Deus nos chama para o serviço – Lá em casa há uma brincadeira que já nos acompanha por vários anos. Ao ver os quatro meninos crescendo e virando homens, eu sempre digo que eles têm toda liberdade para fazer suas escolhas. Quanto a mim, só quero a prerrogativa de fazer três escolhas por eles: o time de futebol pelo qual torcer, a mulher com quem se casar e a profissão a seguir É claro que a coisa não dá certo e eles riem na minha cara! Mas, falando sério: o caminho a seguir na vida, a vocação a exercer e até a profissão não é coisa pra se brincar.

  • E muito mais sério é essa história de vocação de Deus.
  • Eu tinha lá os meus doze anos quando comecei a aventar a possibilidade de seguir o exercício do pastorado.
  • Algo que passava longe do horizonte dos meus pais, mas acabou se tornando realidade.
  • Ser chamado por Deus é algo muito bonito, extremamente significativo e, muitas vezes, difícil e confuso.

O profeta Jeremias é uma dessas pessoas que parecem estar sempre brigando com e contra a sua vocação. Ele quer sumir do mapa e amaldiçoa o seu próprio nascimento. Mas não consegue fugir da sua vocação e, quando tenta fazê-lo, a coisa queima dentro dele.

Como ele mesmo diz: «Quando pensei: Não lembrarei dele e já não falarei no seu nome, então isso me foi no coração como fogo ardente, encerrado nos meus ossos; já desfaleço de sofrer, e não posso mais» (Jr 20.9). A vocação se vive assim, com determinada predestinação e na dependência absoluta de Deus.

Jeremias (vamos ficar um pouquinho mais com ele) sabe ter sido chamado por Deus antes mesmo da sua concepção e gestação. E a palavra que ele é chamado a proclamar lhe é dada pelo próprio Deus. Enfiada goela abaixo; goste ele ou não. Queira o profeta ou não.

Assim Deus diz a Jeremias: » Antes que eu te formasse no ventre materno, eu te conheci, e antes que saísses da madre, te consagrei e te constituí profeta às nações » (Jr 1.5). E logo adiante (v.9) o texto diz assim: «Depois estendeu o Senhor a mão, tocou-me na boca e me disse: Eis que ponho na tua boca as minhas palavras.

» É claro que poderíamos conversar ainda um bom bocado sobre essa história da vocação. E, se estou falando nela, é porque creio que precisamos recuperar a sua dignidade. A dignidade da vocação nasce da obediência e do sofrimento. Essa é a «dignidade do cargo» do profeta.

  1. A obediência pode nos colocar na contramão do nosso próprio anseio e dos nossos próprios planos.
  2. E o sofrimento é inerente à proclamação de uma palavra que convoca para o arrependimento e a conversão; sem meias palavras.
  3. Mas hoje me parece que a vocação é percebida como carreira, a obediência é vista como uma opção light e o sofrimento é substituído pelo aplauso e pelo sucesso.

Pois afinal, como se diz, «ninguém é de ferro» Nessa lógica, o critério da autenticidade da vocação é o bem-estar e o sucesso. Falsa lógica, nos diria Jeremias, e acrescentaria: «Olhe para mim. Leia a minha história e verá o que significa vocação.» Eu queria ainda apontar para dois critérios que ajudam a atestar a legitimidade da nossa vocação.

  • O primeiro deles é que o chamado nos faz perceber a nossa pecaminosidade,
  • Ser chamado por Deus é ser encontrado por Deus.
  • E a presença de Deus revela toda a nossa vulnerabilidade e pecaminosidade.
  • A gente gagueja, transpira, corre pr’o banheiro Sem dó, nem piedade.
  • No chamado de Pedro, os barcos estão cheios de peixe, convocando a atenção e a adrenalina de Pedro, seja convidando-o a calcular o ganho, seja convocando-o a não deixar o barco afundar Mas há um impulso que fala ainda mais forte e que caminha em outra direção.

Assim, antes que se dê conta de todo o quadro e de todos os ângulos, ele está aos pés de Jesus : «Senhor, retira-te de mim, porque sou pecador » (Lc 5.8). O profeta Isaías, quando vocacionado, parece não conseguir deslumbrar-se com a presença da glória de Deus.

Ele está preocupado é com os seus lábios. Lábios impuros. E, gemendo, considera-se perdido (Is 5.5). Mas Deus convoca tanto um quanto o outro. Pedro é transformado em pescador de homens e Isaías tem os lábios purificados para logo ser enviado: «Vai, e dize a este povo» (Is 5.9). Deus envia pecadores. Mas só os que se sabem pecadores.

O segundo critério que eu quero ressaltar é a entrega – essa coisa fácil de falar e dificílima de fazer. A gente sempre diz que «tudo a Deus entrego», mas na realidade, nós queremos controlar a geografia e a agenda da nossa vida e das opções de Deus. É só olhar para a vida de Pedro.

Um sujeito difícil de domar, mas que carece de ouvir três vezes a pergunta de Jesus acerca do amor. E, como se isso não fosse suficientemente profundo e constrangedor, ele precisa ouvir mais: «Em verdade, em verdade te digo que, quando eras mais moço, tu te cingias a ti mesmo e andavas por onde querias; quando, porém, fores velho, estenderás as tuas mãos e outro te cingirá e te levará para onde não queres» (Jo 21.18).

E conta a tradição que Pedro morreu em Roma, com o evangelho e pelo evangelho. Através da vocação Deus dignifica a nossa vida e a reorienta para a eternidade. E ainda a bagunça de uma forma incrível! Dá para imaginar isso? É só perguntar a Jeremias, Isaías, Pedro, Agostinho, Francisco de Assis, e a tantos outros dos quais o mundo não foi digno (Hb 11.38).

See also:  Quando O Dia Do Consumidor?

Eis a dignidade da vocação. O caminho da vocação é também o caminho da intimidade. E esta é fantástica! No relacionamento de Moisés com Deus isso pode ser visto de uma forma bonita e sublime. Aliás, Moisés foi um homem que andou com Deus e, nessa rota, conheceu e achegou-se a Deus. Aquela história do bezerro de ouro, da quebra das tábuas da lei e da ira do próprio Deus havia sido difícil e complicada para Moisés.

E ao final desse processo ele estava um bagaço. Cansado! Muito cansado! Ansiava por um sinal de intimidade. Por um bom abraço. E neste contexto o livro de Êxodo nos relata este episódio, um diálogo profundamente marcado pela auréola da intimidade. É uma conversa entre Deus e Moisés.

  1. Eu tiro o chapéu, silencio e ouço essa conversa com profunda reverência «Disse o Senhor a Moisés: Farei também isto que disseste; porque achaste graça aos meus olhos, e eu te conheço pelo teu nome.
  2. Então ele disse: Rogo-te que me mostres a tua glória.
  3. Respondeu-lhe: Farei passar toda a minha bondade diante de ti, e te proclamarei o nome do Senhor; terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia, e me compadecerei de quem eu me compadecer.

E acrescentou: Não me poderás ver a face, porquanto homem nenhum verá minha face, e viverá. Disse mais o Senhor: Eis aqui um lugar junto a mim; e tu estarás sobre a penha. Quando passar a minha glória eu te porei numa fenda da penha, e com a mão te cobrirei, até que eu tenha passado.

Depois, em tirando eu a mão, tu me verás pelas costas; mas a minha face não se verá.» (Êx 33.17-23) Isso é muito solene! Deus está passando. A glória está desfilando e Moisés, espiando. Coisa de menino velho que carece de um abraço de Deus antes de retomar a tarefa: lavrar duas novas tábuas e continuar no seu caminho de líder do povo de Deus.

E Deus o chama pelo nome, dá-lhe o almejado abraço e, sorrindo, vê Moisés caminhar novamente na obediência da vocação. E, assim como Davi (At.13.22), Moisés foi um «homem segundo o coração de Deus». Um bom jeito de viver e ser chamado por Deus. A vivência da vocação é o caminho da intimidade com Deus

Valdir Steuernagel Publicado originalmente na

: Deus nos chama pelo nome e para o serviço

O que diz Êxodo 33 14?

Respondeu o Senhor: «Eu mesmo o acompanharei e lhe darei descanso». (Êxodo 33:14) Uma jornada pode ter muito mais que um destino. Não basta saber onde se quer chegar. Também é importante planejar como ir até lá. Quem não se lembra daquela imagem da viagem de férias em família, com o carro cheio? Adultos na frente, crianças no banco de trás, muita bagagem e uma vontade grande de chegar.

  1. Numa época não muito distante, era até normal ter um número de passageiros maior do que o carro comportava.
  2. E se a viagem era longa? Como a gente do interior indo para o litoral.
  3. Ou então para a casa dos avós, para reunir a família toda naquelas datas das festas tradicionais.
  4. Tudo isso só deixava a criançada do banco de trás ainda mais ansiosa, frequentemente repetindo a pergunta: «falta muito?».

É nessa descrição que os sonhos se tornavam pesadelos. As viagens se tornavam cansativas para todos. Brigas entre as crianças, adultos nervosos. Tudo isso ainda podia se tornar motivo para acidentes ou caminhos errados. Chega dessa loucura. A vida pode e deve ser muito melhor que isso.

  • Mas como seria isso então? Tudo começa com um plano diferente para o mesmo objetivo.
  • Como fazemos as nossas viagens é tão importante quanto o destino.
  • Viajar leve deve ser uma prioridade.
  • E isso não tem a ver só com a bagagem.
  • A leveza está no jeito com que fazemos as nossas coisas.
  • Esse jeito leve pode construir coisas grandiosas e de peso relevante, mas de agradável permanência em nossa história.

Ou seja, quando fazemos do jeito certo, isso tudo não precisa ser passageiro, nem esquecido em nosso passado. Talvez por nossa própria culpa aquelas reuniões de família estão cada vez mais raras. Um dia alguém não quis mais tanto assim passar por aquilo tudo.

  • O tempo é um fator importante nesse nosso planejamento.
  • Saber lidar com o relógio frente à nossa ansiedade.
  • Precisamos aprender a curtir mais o caminho, olhar a paisagem, até parar de vez em quando.
  • Devemos dar mais valor a quem está com a gente no trajeto, aproveitar melhor a companhia.
  • Celebrar a viagem que ainda não chegou ao fim, querer que ela dure ainda mais.

Você já consegue perceber quantas vezes perdemos tempo tentando ganhá-lo? Fazer do jeito errado só nos faz querer fazer cada vez menos. Então, temos cada vez menos viagens, menos caminhos e menos companhia. E o tempo que a gente acha que não vale a pena perder com aquelas coisas que nos cansavam, agora nos faz perder muito mais.

Na verdade, não eram as coisas que fazíamos. O problema era o cansaço. E a culpa era nossa, que não planejamos melhor. Não priorizamos as coisas certas, não dedicamos os esforços certos. O cansaço geralmente surge pelo jeito que fazemos algo. Quase sempre é porque fazemos mais rápido que o necessário. E, olhando para o versículo lá do início, não é assim que Deus quer que a gente viva a nossa vida.

Parece que o próprio Deus tem que vir nos ensinar como as coisas podem caminhar melhor. O descanso é uma parte importante da nossa jornada. Levar as coisas num ritmo mais tranquilo. Nem precisamos de alguém que nos avise que as coisas já estão indo rápido demais.

Já sabemos que a vida parece estar nos atropelando. Mas não se esqueça de uma coisa: é você que está na direção. Portanto, para garantia da sua felicidade, que tal colocar Deus do seu lado como copiloto da sua vida? Tenho certeza de que isso fará toda a diferença. No mais, por enquanto, boas férias aqui da faculdade.

Nós, da Unimep, desejamos que esse seja um bom tempo de reflexão, de avaliação da caminhada. Que esse tempo seja mais do que suficiente para que as coisas se acalmem e tudo recupere a harmonia que Deus planejou para a sua vida. Bom descanso e continue contando conosco.

Quando Jesus anda sobre o mar?

Capítulo 29: Jesus Anda Sobre as Águas Jesus’s disciples are in a boat on the Sea of Galilee in the midst of a storm – ch.29-1 Depois de alimentar 5.000 pessoas, Jesus foi a uma montanha para orar. Seus discípulos pegaram um barco e cruzaram o Mar da Galileia. Ao cair da noite, o vento começou a soprar e as ondas ficaram bem altas. Jesus walks over the water to get to the boat – ch.29-2 Tarde da noite, Jesus foi até onde os discípulos estavam. Ele foi andando sobre as águas até chegar ao barco. The disciples are afraid when they see Jesus walking on the water – ch.29-3 Os discípulos O viram andando sobre as águas e ficaram com medo. Pensaram que fosse um fantasma. Jesus chamou-os, dizendo: «Sou eu, não temais». Peter walks on the water toward the Savior – ch.29-4 Pedro também quis andar sobre as águas. Então Jesus disse a Pedro que fosse ao Seu encontro. Pedro saiu do barco e começou a andar sobre as águas na direção do Salvador. Because of the strong wind Peter is afraid and begins to sink – ch.29-5 Como o vento estava soprando muito forte, Pedro ficou com medo. Ele começou a afundar e gritou para que Jesus o salvasse. The Savior takes Peter by the hand and asks why he is afraid – ch.29-6 O Salvador agarrou a mão de Pedro e perguntou-lhe por que não tinha exercido mais fé. Jesus and Peter walked to the boat and the storm ceased – ch.29-7 Quando Jesus e Pedro entraram no barco, a tempestade passou. Todos os discípulos adoraram ao Salvador. Eles sabiam que Jesus era o Filho de Deus. : Capítulo 29: Jesus Anda Sobre as Águas

O que Jesus disse ao mar?

Levantou-se um forte vendaval, e as ondas se lançavam sobre o barco, de forma que este ia se enchendo de água. Jesus estava na popa, dormindo com a cabeça sobre um travesseiro. Os discípulos o acordaram e clamaram: ‘Mestre, não te importas que morramos?’ Ele se levantou, repreendeu o vento e disse ao mar: ‘Aquiete-se!

O que quer dizer Isaías 43 versículo 1 e 2?

Deus tem o melhor para os seus. Precisamos entregar as nossas vidas a Ele, pois, assim, alcançaremos a promessa de viver na eternidade ao lado Daquele que é o Senhor dos senhores.

O que quer dizer em Isaías 43 2?

Devocional Diário – Isaías 43:2 06 de Novembro de 2009 «Quando passares pelas águas estarei contigo, e quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti.» Isaías 43:2 Pensamento: Quantas adversidades passamos na vida? Problemas familiares, no trabalho, dificuldades financeiras, crises em relacionamentos, adversidades que à s vezes, nós mesmos criamos? Todas essas adversidades são as águas, os rios, o fogo, a chama.

Servem para nos fazer crescer, na fé e na vida. Mas não passamos por nada disso sozinhos, porque há um Deus, que nos ama incondicionalmente, não Permite que nada venha sobre nós se não possamos suportar e sempre cuida de cada um de nós. Basta estarmos em oração. Oração: Senhor, dai-nos força para suportar toda adversidade, dai-nos sabedoria para enfrentar cada problema sem criar mais conflitos.

Que possamos ser fortes com o Senhor para vencer sempre as dificuldades e ter gratidão para Te agradecer por cada vitória. Amém. Enviado por: Gabriele Papel de Parede do Dia

Download

: Devocional Diário – Isaías 43:2

Quem escreveu o livro de Isaías 43?

Quem escreveu esse livro? – Isaías (filho de Amós) é o autor do livro de Isaías. Seu nome significa «o Senhor é a Salvação», e essa ideia permeia seus escritos. Isaías foi profeta em Jerusalém por cerca de 40 anos (de 740 a 701 a.C., aproximadamente), durante o reinado dos reis Uzias, Jotão, Acaz, Ezequias e Manassés do reino de Judá, ao sul.

O que está escrito em Isaías 53?

1 Quem a deu crédito à nossa pregação? e a quem se manifestou o braço do Senhor ? 2 Porque foi subindo como a renovo perante ele, e como b raiz de uma terra seca; não tinha forma nem formosura; e olhando nós para ele, nada víamos em sua aparência, para que o desejássemos.3 Era a desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, homem de dores, e experimentado em padecimentos; e como um de quem os homens escondiam o rosto era desprezado, e não b fizemos caso algum dele.4 Verdadeiramente ele a tomou sobre si as nossas b enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.5 Porém ele foi a ferido pelas nossas b transgressões, e moído pelas nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas c pisaduras fomos d sarados,6 Todos nós como a ovelhas andávamos b desgarrados ; cada um se desviava pelo c seu caminho, porém o Senhor fez cair sobre ele a d iniquidade de todos nós.7 Ele foi a oprimido, e ele foi b afligido, porém c não abriu a sua boca; como um d cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim não abriu a sua boca.8 Da opressão e do julgamento foi tirado; e quem contará o tempo da sua a vida ? Porque foi cortado da terra dos viventes; pela b transgressão do meu povo ele foi ferido.9 E puseram a sua sepultura com os a ímpios, e com o rico estava na sua b morte ; ainda que nunca fez injustiça, nem houve c engano na sua boca.10 Porém ao Senhor agradou a moê-lo, fazendo- o enfermar; quando a sua alma se puser por b oferta pelo pecado, verá a sua c semente e prolongará os seus dias; e o bom d prazer do Senhor prosperará na sua mão.11 O fruto do penoso trabalho da sua alma ele verá, e ficará satisfeito; com o seu a conhecimento o meu b servo, o justo, c justificará a muitos, porque as iniquidades deles levará sobre si.12 Pelo que lhe darei a parte de muitos, e com os poderosos repartirá ele o despojo; porque derramou a sua alma na a morte, e foi contado com os b transgressores ; e levou sobre si o pecado de muitos, e c intercedeu pelos transgressores.