Moulin Rouge | Temuco

Consejos | Trucos | Comentarios

Quanto Tempo Dura Uma Bateria De Carro?

Qual o tempo de vida de uma bateria de carro?

Quanto tempo dura uma bateria de carro? A vida útil de uma bateria de carro depende de vários fatores, como: o uso do veículo, condições climáticas e o estado da bateria. Em média, uma bateria de carro pode durar entre 3 e 5 anos. Mesmo assim, já atendemos clientes aqui na Baterias Líder que conseguiram manter a bateria ativa por mais de 10 anos! No entanto, é importante verificar periodicamente a bateria e substituí-la se necessário, para garantir o funcionamento correto do veículo.

Fatores que influenciam na vida útil da bateria: Uso do veículo: quanto mais o carro é usado, mais a bateria é solicitada e mais rapidamente se desgasta. Se você trabalha ou utiliza muito o seu veículo, tem que fazer a revisão constantemente. Temperatura: as condições climáticas extremas, como calor intenso ou frio intenso, podem afetar a vida útil da bateria.

Estado da bateria: a manutenção adequada e a verificação regular da bateria podem prolongar sua vida útil. Por isso, recomendamos que seja feita a revisão em uma loja de baterias antes de uma viagem. Em qualquer loja da Baterias Lider, nós oferecemos uma revisão gratuita do estado atual da bateria para verificar se já há necessidade de troca.

Como manter a bateria do meu carro saudável? Agora vamos passar dicas de como prolongar a vida útil da bateria do seu carro ou caminhão:Mantenha o veículo em uso regularmente: isso ajuda a manter a bateria carregada e evita que fique desativada por longos períodos de tempo.Evite condições climáticas extremas: estacione o veículo em local coberto e climatizado.Mantenha a bateria limpa: limpe periodicamente os terminais da bateria para evitar a corrosão.Verifique a bateria regularmente: faça uma verificação anual da bateria para garantir que esteja funcionando corretamente.

Em conclusão, a vida útil da bateria de carro depende de diversos fatores e pode variar de acordo com o uso e as condições climáticas. No entanto, com a manutenção adequada e a verificação regular, é possível prolongar a vida útil da bateria e garantir o funcionamento correto do veículo.

Quando é a hora de trocar a bateria do carro?

Um dos componentes mais importantes do seu automóvel sem dúvida é a bateria. Sem ela não é possível sequer ligar o veículo. Sempre que possível, cheque se a carga dela está em perfeito estado. Com ela carregada você evitará problemas mais sérios e não precisará aguardar o guincho ou a popular «chupeta».

Veja mais: + 8 dicas para enfrentar chuvas e enchentes com o carro + Água ou aditivo: que é melhor para o radiador? + Ar-condicionado ou janela aberta: qual gasta mais? Componente vital dos veículos, a bateria tem ganhado ainda mais importância com a eletrificação dos modelos, por isso é importante sempre estar atento com o sistema elétrico do carro para garantir a sua segurança e dos demais passageiros.

Em média uma bateria tem uma vida útil de 2 a 3 anos, segundo alguns fabricantes, mas esse período está ligado ao seu uso. Em carros com pouco uso de ar-condicionado, sistemas de sons sem grandes exageros e lanternas com uso normal, o componente poderá ter uma duração maior.

  • Com a eletrificação dos modelos, as próprias empresas que produzem as baterias vivem um grande desafio de cada vez mais aumentar a capacidade dos seus materiais, já que a tendência é que os veículos acabem consumindo mais.
  • Dicas de como notar possíveis problemas nas baterias: 1- O problema clássico O sinal mais básico que geralmente é notado quando se tem um problema na bateria é quando você entra no carro, tenta iniciar a ignição e nada acontece.

Após inúmeras tentativas, é quase certo de que a bateria acabou de vez. Um processo paliativo para que você consiga ligar o carro e levar ele até um mecânico pra ser feito é o uso de cabos para a transferência de energia, mais conhecido como «chupeta», ou baterias recarregáveis portáteis para o mesmo objetivo.2- Falhas nas luzes do veículo Se for notada uma falha em algum sistema elétrico, como problemas nas luzes ou oscilações, avisos de problemas com o sistema de injeção do combustível ou até mesmo com a ventilação e ar-condicionado, procure um local especializado, como uma autoelétrica, para fazer a manutenção.3- Luz no painel é sempre sinônimo de atenção Fique atento às luzes do painel.

A intensidade ou o acionamento de uma delas pode indicar problemas com a carga da bateria.4- Dificuldade para ligar o carro O carro deve ser ligado na primeira batida de chave, caso isso não aconteça e você sentir que essa ignição está mais demorada do que o normal, agende uma visita ao seu mecânico de confiança e busque saber se é algo relacionado à bateria.5- Como posso aumentar a vida útil da bateria? Mesmo lembrando que a troca da bateria deva ser feita periodicamente, alguns cuidados são importantes para o prolongamento de sua vida útil.

Entre eles, não esquecer faróis e rádio ligados. Isso ajuda a manter a carga do veículo. Não ligar som, faróis ou outros itens que exigem energia da bateria com o motor desligado. Ligar o veículo com frequência e dar uma volta é importante, independentemente do ano de modelo do seu carro.

Em caso de um carro com grande consumo, é possível também desligar os polos da bateria para que ela não seja drenada. Faça isso somente com o carro desligado e com muito cuidado, já que este procedimento pode afetar o sistema de rádio e outros itens periféricos do carro, fazendo os mesmos serem reiniciados e perderem as formatações anteriores.

Manter os bornes da bateria limpos é uma ação que ajuda na sua durabilidade, assim como não dar partida com os faróis ligados, caso ele não tenha o acendimento automático. Seguindo essas dicas você vai poder desfrutar de tudo que seu veículo pode proporcionar sem qualquer dor de cabeça e situações inesperadas.

Qual o tempo de vida útil de uma bateria?

Quais cuidados devo tomar? – Infelizmente, podemos dizer que a bateria é daqueles dispositivos que só lembramos que existem quando dão algum problema. A começar pelo fato de que sua expectativa de vida útil é, segundo a maioria das fabricantes, de 2 a 5 anos. Contudo, não é difícil perceber que guiar-se apenas por esse número não é algo exatamente seguro, já que o arco de tempo é muito grande e vago.

Qual o valor de uma bateria de carro?

Diferentes tipos de baterias e seus custos – O preço de cada tipo de bateria varia muito de acordo com a marca e o período de procura. Também dá pra encontrar promoções com ótimas condições e preços menores, viu? Por isso, é importante pesquisar bem antes de comprar uma bateria pro seu carro.

See also:  Albendazol Para Que Serve Como Tomar?

Qual o tempo de duração de uma bateria Moura?

As nossas baterias são dimensionadas e fabricadas para um tempo de vida útil em torno de 2 a 3 anos. Porém, a quantidade e a profundidade dos ciclos de carga e recarga, entre outros fatores, podem influenciar nesse tempo. Quanto mais ciclos a bateria tem, mais próximo do fim de sua vida útil ela estará.

Quando a bateria do carro descarrega é preciso trocar?

Recarregar ou trocar bateria? – Quanto Tempo Dura Uma Bateria De Carro A depender da situação, trocar de bateria é inevitável. Mas não se preocupe, não é um bicho de sete cabeças. Casos de bateria descarregada geralmente se dão por momentos de descuido por parte do dono do carro, que pode esquecer os faróis ou luzes internas acesas, o som ou ar condicionado ligado Enfim, tudo que acione a bateria sem que o motor esteja rodando faz com que a bateria perca carga aos poucos, pois ela não é retroalimentada pelo alternador.

  • Passar períodos extensos de tempo sem ligar o carro também pode ser prejudicial,
  • Isso porque equipamentos elétrico do carro como ar condicionado, relógio digital e painel usam pequenas cargas de energia, mesmo com o carro desligado.
  • Ao longo prazo, essas pequenas cargas podem contribuir para o descarregamento completo da bateria.

Uma outra tendência de baterias automotivas é de não dar partida no frio. Isso pode acontecer porque as baixas temperaturas dificultam o processo que o combustível passa para se vaporizar, fazendo com que o óleo lubrificante fique mais denso e concentrado e aumentando o esforço do motor ao ser acionado.

Tudo isso demanda uma carga de energia muito maior. Para além disso, baterias produzem energia através de reações químicas que são dificultadas por temperaturas mais baixas. A bateria descarregada também pode se dar por problemas elétricos no veículo, como cabos mal conectados, ferrugem ou fuga de corrente, que é quando a carga da bateria vai escapando aos poucos através de algum dispositivo (alarmes e rastreadores podem ser um problema) ou falha no sistema elétrico.

Um especialista utilizará todos esses indícios principais na hora de decidir se o que a bateria em questão precisa é de uma nova carga. Para o caso de realmente precisar trocar bateria, geralmente não existem motivos muito específicos para que essa condição aconteça, além de tempo e intensidade do uso.

Toda bateria, invariavelmente, atinge seu ponto final de utilização eventualmente, perdendo sua capacidade de acumular energia. Assim, uma recarga somente não funciona, sendo necessário trocar essa bateria por uma nova. No caso de precisar trocar bateria do seu carro, se atente em comprar o modelo certo para seu automóvel e em adquirir uma bateria com garantia.

Aproveite a ferramenta que a Moura disponibiliza para descobrir qual é a sua bateria, Em resumo: fique sempre atento ao funcionamento do seu veículo num geral. Se o seu carro apresentar falhas na hora de dar partida, lembre-se que se o problema for na bateria, ele pode ter mais uma causa e mais de uma solução.

Tem como recuperar a vida útil da bateria?

Como recuperar uma bateria antiga – Infelizmente, não há um método completamente efetivo para recuperar a capacidade de segurar carga de uma bateria. Além disso, os smartphones atuais possuem tanques não removíveis pelo usuário, então será necessário levar o aparelho até uma assistência técnica para que a substituição seja realizada.

  1. Reparos de bateria não costumam estar entre os mais caros nas lojas especializadas, já que esse posto geralmente é ocupado pelas telas.
  2. Mesmo assim, é preciso analisar bem a proposta que será feita, e mensurar se não vale mais a pena adquirir um modelo completamente novo — afinal, se a bateria do celular não está mais segurando a carga, é provável que ele já tenha alguns anos de uso.

Continua após a publicidade

O que pode estragar a bateria do carro?

Blog

  • A bateria é um item fundamental para que qualquer veículo se locomova, entretanto, algumas atitudes podem tanto prejudicar o seu correto funcionamento, bem como potencializar seus resultados positivos no trânsito.
  • Selecionamos alguns fatores que prejudicam a bateria do seu carro, e como você pode solucionar, para assim, mandar bem no trânsito.
  • Fuga de energia
  • Este é um fator muito prejudicial, pois acontece até mesmo quando o veículo está desligado, podendo deixa-lo na mão durante um trajeto e outro.
  • Como resultado deste problema, a bateria é descarregada e há um aceleramento no desgaste por descargas e recargas intensas, o ideal é sempre procurar um mecânico especialista para solucionar esse problema o mais rápido possível.
  • Problema no alternador

O alternador é uma importante ferramenta, faz com que a bateria «recarregue», agora, se estiver com insuficiência de energia, a bateria não ganhará carga o suficiente. Nestes casos, o sistema da bateria entra em pane, podendo até mesmo estraga-la.

  1. Cabo e conectores soltos
  2. Outro problema muitíssimo prejudicial, afinal, chega a estragar com boa parte do sistema mecânico do automóvel.
  3. Devido ao mau contato, os cabos e conectores que estiverem soltos podem causar faíscas e provocar uma explosão da bateria.
  4. Deixar o carro sem funcionar por longos períodos
  5. Enquanto o veículo está desligado, a bateria continua fornecendo carga para os sistemas do automóvel.

Estes equipamentos elétricos, como alarme, rádio, relógio digital e painel demandam uma pequena alimentação que, em longo prazo, vão descarregar a bateria. O ideal é não desconectar a bateria ao deixar o carro desligado por muito tempo, pois os automóveis de hoje têm muitos componentes eletrônicos que podem se desconfigurar rapidamente sem receber devida energia.

  • Bateria não segura carga
  • Uma bateria só perde a capacidade de armazenamento quando sofre curto-circuito de alguns vasos ou perde sua parte metálica por completo – item responsável por sustentar a massa ativa.
  • Curto-circuito
  • Algumas causas que envolve um curto-circuito podem ser caracterizadas pelo contato íntimo entre as placas positivas e negativas do elemento, bem como o devido contato com objetos estranhos introduzidos no interior da bateria.
  • Saiba que em muito dos casos, este curto-circuito pode ser provado por falta de conhecimento do motorista, no intuito de verificar o estado da carga.
  • Aquecimento anormal dos polos
  • Entre possíveis causas para um aquecimento anormal de polos, estão a tensão de carga excessivamente alta, o nível de eletrólito muito baixo, o curto-circuito, o mau contato entre a ligação interna e polos, e por fim, terminais frouxos.
  • Sobrecarga
  • Já quando a bateria recebe menos energia que o necessário, está pode estar com problema de sobrecarga.
  • Uma das causas para esse problema pode estar no regulador de voltagem, no alternador, na correia ou mesmo devido a algum mau contato.
  • Você está procurando por qualidade em baterias?
  • Conheça a Baterias Brasil, além de fabricante, é uma revendedora de excelentes marcas, especialista em oferecer a melhor bateria da região da Serra Gaúcha.
  • Contamos com produtos que tem como características oferecer o melhor em longa duração.
  • Aqui você encontra as melhores marcas do mercado!
See also:  InfecO UrináRia Quando Internar?

Ficou interessado? Entre em contato para garantir sua bateria com excelente qualidade. (54) 3229.1247 | (54) 9 9999.7619 | (54) 9 9923.3834 Rua Luiz Ceconi, 118, São Cristovão | Caxias do Sul, RS : Blog

Como saber se a bateria chegou ao fim da vida útil?

É possível dar carga na bateria do carro? – Quando a bateria descarrega, na maioria dos casos, é sinal de que ela chegou ao fim de sua vida útil e precisará ser trocada. Mas há algumas exceções em que ela pode ser recuperada sem grandes problemas. Por exemplo, nos carros novos ou nos casos em que a bateria foi trocada recentemente e o problema foi causado por mau uso (como o esquecimento dos faróis ligados), é possível ligar o veículo usando a famosa «chupeta» — procedimento em que a bateria de outro veículo é utilizada na hora da partida.

  1. Depois que o carro volta a funcionar, o alternador (que também é novo e não é a origem do problema, no exemplo citado) tem todas as condições de recarregar a bateria, fazendo com que o sistema funcione perfeitamente de novo.
  2. Mas é preciso ficar atendo para que a «chupeta» seja feita corretamente.
  3. O ideal é primeiro conectar as duas baterias.

Nesse momento, tome cuidado para a outra ponta do cabo positivo não «aterrar» na carroceria de qualquer um dos veículos, pois isso pode render um belo susto. Feito isso, é só ligar o carro que está bom e deixar funcionando para o alternador enviar carga para a bateria.

  1. Por fim, basta ligar o outro veículo.
  2. Outra situação comum é a bateria — nova ou em bom estado — descarregar após o veículo ficar parado por um período mais longo.
  3. Nesse caso, o ideal é retirar o componente e levar para um eletricista automotivo.
  4. Ele fará uma checagem e, se estiver em ordem, dará uma carga lenta.

Mas você deve ficar atento a uma questão: as baterias de chumbo-ácido sofrem pequenos danos quando têm uma descarga profunda, como nesse caso. Se o dono deixar acontecer uma única vez, por causa de uma distração, o dano não será muito aparente. Se isso acontecer em um carro antigo, de uma forma recorrente, será preciso descobrir a origem da falha.

Isso porque, provavelmente, o problema está no alternador, em acessórios instalados de qualquer jeito, em algum mau contato, em adaptações feitas no chicote ou qualquer outro defeito mais grave. Também é preciso entender que as baterias não são eternas e, após cumprirem sua vida útil, devem ser trocadas por uma nova.

O ideal é você sempre contar com a opinião de um profissional de confiança, que vai fazer um check-up adequado e, quando for preciso, informará que chegou o momento de realizar a troca.

Como saber se o problema é na bateria ou no alternador?

Como saber se a bateria e o alternador estão com problemas?

Geralmente, quando o carro não quer dar partida ou sua parte elétrica simplesmente deixa de funcionar, pode se tratar de algum problema no alternador ou na bateria que pode ser identificado de forma relativamente rápida.Com as dicas que separamos hoje, será mais fácil para você identificar o problema e resolvê-lo da forma mais tranquila possível! Confira: * Verifique se há equipamentos do veículo apresentando algum problema eletrônico – ele pode estar consumindo a bateria de forma prejudicial para sua vida útil e para outros aspectos do carro de forma geral;* Quando o motor gira com dificuldade ao se dar partida no carro e as luzes do painel diminuem ou vem a apagar, há uma alta chance de sua bateria estar descarregada. Isso pode ocorrer quando o período de uso da bateria está próximo à época de vencimento de sua vida útil (que normalmente é de cerca de 2 anos) ou por algum problema no alternador;* Caso a parte elétrica emita cheiro de queimado ou a luz do veículo esteja muito forte, deve ser verificado se o regulador está mantendo no limite máximo de tensão durante a carga, (que normalmente deve ser de aproximadamente 14V). Isso pode levar a bateria e os componentes eletroeletrônicos a sofrerem uma sobrecarga, além de ferver o ácido da bateria, o que pode chegar a provocar seu vazamento;

* Se a lâmpada do painel ficar ligada constantemente ou estiver piscando, isso pode indicar um problema no alternador ou em seu regulador de voltagem. Outro componente que requer atenção é a correia que faz a ligação entre o motor e o alternador: por exemplo, se ela estiver rompida, a bateria não irá recarregar.

  • Portanto, certifique-se de verifica-la caso observe esse tipo de problema; * Deixar componentes eletroeletrônicos em funcionamento enquanto o carro está desligado pode vir a esgotar a bateria,
  • Nesse caso, muitas vezes, recorre-se ao procedimento popularmente conhecido como «chupeta», que consiste em conectar a bateria descarregada à de um outro veículo (ligado) através de cabos de forma que a energia possa ser transferida de um carro para o outro.

Apesar de comum, esse procedimento não é recomendável, pois é uma prática meramente corretiva e não solucionará o problema da bateria de forma efetiva. Se precisar utilizar desse recurso, carregue a bateria apenas o suficiente para que o carro possa ser levado até uma oficina mecânica; * Caso o alternador apresente ruído ao se acelerar o carro, pode ser indício de correia com defeito, muito tensionada, ou até mesmo defeito no rolamento do alternador.

Dependendo do caso, pode até mesmo ser necessária a substituição do alternador; * Baterias novas possuem vasos selados e tem um visor indicador de seu nível de ácido. Quando verde, a está em estado; quando preto, é necessária a substituição da bateria, Fique atento a esses fatores, pois se a carga da bateria vir a zerar, ela será inutilizada e pode até mesmo causar certos problemas mais sérios, como desativas o veículo em pleno movimento.

See also:  Como Fazer O Filhote Parar De Chorar Quando Fica Sozinho?

Os pontos que destacamos são diagnósticos simples e não substituem a avaliação que pode fazer um profissional capacitado em uma loja de confiança. Se tiver dúvidas sobre realizar com qualquer um dos procedimentos aqui citados, não arrisque e entre em contato com uma pessoa qualificada.

Como saber se sua bateria está boa?

Procure a informação sobre bateria – Assim que você terminar de digitar o código, o aparelho mostrará uma lista com algumas informações sobre o seu dispositivo. Vá na opção «Informações da bateria» e, na tela seguinte, haverá o item «Integridade da bateria».

  • É nesse tópico que você saberá como está a vida útil da bateria do seu celular.
  • Se estiver escrito «Bom» ou «Perfeito», pode respirar aliviado, pois indica que o dispositivo ainda está com o componente funcionando com deveria.
  • Pode ser que, dependendo do celular e da versão do Android, pode ser que você veja um monte de letras acompanhadas por números.

Procure pelo código «MB_06», que indica o estado da bateria. Se você ler a expressão «Good» («Bom», na tradução livre), significa que a bateria está ok. Continua após a publicidade Agora, se houver qualquer outra informação que seja diferente disso, como por exemplo «Ruim», então talvez seja a hora de já começar a pesquisar um novo smartphone.

Qual a melhor marca de bateria de carro?

As melhores baterias são as marcas Moura, Bosch, Heliar, Zetta, AC Delco e Eletran. Embasamos essa informação de acordo com os nossos mais de 15 anos no mercado de baterias automotivas, Nesse artigo vamos explorar este assunto que define a performance do seu veiculo.

Qual é a melhor marca de bateria?

As melhores baterias são as marcas Moura, Bosch, Heliar, Zetta, AC Delco e Eletran. Embasamos essa informação de acordo com os nossos mais de 15 anos no mercado de baterias automotivas, Nesse artigo vamos explorar este assunto que define a performance do seu veiculo.

Quanto custa uma bateria de carro usada?

Baterias usadas, amperagens diversas, testadas e com garantia de 90 dias, a partir de R$110,00 a base de troca.

Quanto tempo dura a bateria de um carro sem carregar?

Quanto tempo a bateria dura com o carro fora de uso? – Com o alternador impossibilitado de fazer seu trabalho, é normal que a bateria descarregue. Uma bateria de carro normalmente dura cerca de quatro semanas, mas varia de acordo com o veículo e a idade da bateria.

Conforme já citamos, uma bateria de carro perde a carga rapidamente em climas mais quentes. Além disso, quanto mais eletrônicos de última geração ele precisar alimentar, mais rápido ela descarrega. Uma curiosidade, é que baterias novas também sofrem com a falta de uso. Ou seja, se você trocou a bateria do carro recentemente também deve ficar atento a falta de uso do automóvel.

Seja sua bateria antiga ou nova, o recomendado é usar o veículo pelo menos uma vez por semana, por no mínimo 30 minutos.

Porque a bateria Moura dura mais?

Quanto tempo dura uma bateria de carro? – Se você deseja saber quanto tempo dura uma bateria de carro, é preciso pensar que a vida útil do equipamento varia muito. Antes de tudo, é preciso saber que a vida útil do equipamento varia muito. No entanto, é inegável que existem marcas com maior durabilidade,

Qual o valor da bateria Heliar ou Moura?

Preço da Moura e da Heliar: – A Bateria Moura 60Ah hoje custa R$ 379 contra R$ 389 da Heliar Super Free a base de troca. Pode-se considerar que as duas tem uma média de preço semelhante. Ambas também produzem outra gama de suas baterias onde ofertam as linhas Zetta e Heliar Original.

Como calcular o tempo de duração de uma bateria?

Por exemplo, se temos uma bateria de 2Ah, alimentando um equipamento com corrente de 0,5A, a duração é calculada dividindo-se a capacidade da bateria pela corrente do equipamento, ou seja: Tempo de duração = 2Ah / 0,5A = 4 horas. Tempo de duração = 2Ah / 4A = 0,5 horas.

Qual é a melhor marca de bateria?

As melhores baterias são as marcas Moura, Bosch, Heliar, Zetta, AC Delco e Eletran. Embasamos essa informação de acordo com os nossos mais de 15 anos no mercado de baterias automotivas, Nesse artigo vamos explorar este assunto que define a performance do seu veiculo.

Como saber se o alternador está carregando a bateria ou não?

Faça testes com um voltímetro – Entre as dicas de como saber se o alternador está carregando a bateria, uma das mais importantes é utilizar um voltímetro para testar o equipamento, Afinal, essa é a principal forma de ter certeza de que o alternador está funcionando de maneira adequada.

  1. O voltímetro é uma ferramenta muito barata e é imprescindível em qualquer oficina, sendo muito útil em diversos serviços automotivos.
  2. Vale destacar que o teste não é feito no próprio alternador, mas, sim, na bateria.
  3. Testando-a, você vai saber se o alternador está cumprindo o seu papel de recarregá-la.

O primeiro passo é saber se a bateria não está com carga baixa demais para que o teste do alternador seja feito. Confira o passo a passo para realizar o trabalho:

com o voltímetro em mãos, defina a voltagem em 20 V; desligue o motor do carro e conecte o aparelho à bateria, ligando o conector vermelho no polo positivo e o preto no polo negativo; ligue o aparelho e observe a voltagem da bateria. Se o ponteiro ou medidor digital indicar uma voltagem acima de 12,2 V, a bateria está boa para fazer o teste. Abaixo disso, é necessário carregar a bateria antes de testá-la; com a bateria apresentando a voltagem correta, ligue o motor do veículo e os faróis, mantendo uma rotação de 2.000 rpm. Esse giro é o bastante para que o alternador inicie o carregamento; assim, use o voltímetro para testar a bateria novamente. Em condições normais, a ferramenta vai indicar até 13 V e, com a oscilação de rotação, entre 13 e 14,5 V. É sinal de que o alternador está em boas condições; se a voltagem não passar de 13 V ou estiver abaixo disso, então realmente há um defeito no alternador e ele não está carregando a bateria como deveria.