Moulin Rouge | Temuco

Consejos | Trucos | Comentarios

Quem Precisa Declarar Imposto De Renda?

Quem Precisa Declarar Imposto De Renda

Quem não precisa declarar Imposto de Renda?

Em 2023, quem não precisa declarar Imposto de Renda são todos aqueles que receberam valor abaixo de R$28.559,70 em 2022. A regra é válida para aposentados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), servidores públicos e assalariados de empresas privadas.

Quem ganha R$ 3.000 por mês paga quanto de Imposto de Renda?

Por exemplo, levando-se em conta a tabela de 2023 reajustada a partir de maio, para um salário mensal de R$ 3.000,00, que se enquadra na faixa 3 (alíquota de 15%), o cálculo seria o seguinte: (15% x 3.000 menos a contribuição do INSS, neste caso, R$ 360, com alíquota de 12%) = 15% x 2.640 = R$ 396.

Qual é o valor mínimo para declaração de imposto de renda?

Qual o valor para declarar Imposto de Renda? – Segundo a Receita Federal, o valor para declarar Imposto de Renda é a partir de R$28.559,70 anuais, Ou seja, quem recebeu mais do que esse montante no ano passado deve realizar a declaração. Os números do IRPF deste ano são os seguintes:

Faixa anual Alíquota e dedução
Abaixo de R$ 28.559,70* Isento
Até R$ 33.910,80 Alíquota de 7,5% e parcela de dedução de R$ 1.713,58
R$ 33.919,81 a R$ 45.012,60 Alíquota de 15% e parcela de dedução de R$ 4.257,57
R$ 45.012,61 a R$ 55.976,16 Alíquota de 22,5% e parcela de dedução de R$ 7.633,51
Acima de R$ 55.976,16 Alíquota é de 27,5% e parcela a deduzir de R$ 10.432,32

Confira a tabela alíquota do Imposto de Renda para este ano:

Base de cálculo do Imposto de Renda
Base de cálculo Alíquota Parcela a deduzir
Até R$1.903,98* Isento Isento
De R$1.903,99 até R$2.826,65 7,5% R$ 142,80
De R$2.826,66 até R$3.751,05 15% R$ 354,80
De R$3.751,06 até R$4.664,68 22,5% R$ 636,13
Acima de R$4.664,68 27,5% R$ 869,36

️ * A estrutura da tabela de Imposto de Renda 2023 permanece inalterada. O acréscimo da isenção para R$ 2.640, divulgado pelo governo, será somente aplicado na declaração de 2024. Para a declaração de 2023, a isenção atual continua sendo de no máximo R$ 1.903,98 por mês.

O que acontece se eu não declarar o Imposto de Renda?

Multas e juros – O contribuinte que estiver obrigado a entregar a declaração e não apresentá-la dentro do prazo fica sujeito ao pagamento de multa de 1% ao mês-calendário ou fração de atraso, incidente sobre o imposto devido, ainda que integralmente pago.

Quanto paga de Imposto de Renda quem ganha 2500?

A nova regra do IR impacta quem não está isento? – Sim. A mudança no limite da isenção terá impacto nas faixas de renda que não são isentas. Isso porque a isenção vai até R$ 2.112 e tudo que exceder esse valor é o que será tributado de fato. O que for além do montante de R$ 2.112 sem passar de R$ 2.826,65 (faixa 2 da tabela progressiva) será tributado em 7,5%.

Saiba quem o Imposto de Renda.

Da mesma maneira, um empregado que tenha um salário de R$ 2.500 só será cobrado pela diferença entre esse valor e os R$ 2.112,01, já que os ganhos inferiores a esse são isentos. Seria descontado desse trabalhador o equivalente a 7,5% sobre a diferença de R$ 387,99 entre a faixa isenta e o seu salário.

Quem nunca declarou Imposto de Renda paga multa?

Conselheiro do Conselho Federal de Contabilidade explica consequências da não declaração do imposto de renda no prazo Quem Precisa Declarar Imposto De Renda Por Deividi Lira/ Agência Apex Comunicação CFC Até o dia 31 de maio, quem tiver recebido mais que R$28.559,70 em rendimentos tributáveis em 2022 – ou então se enquadrar em algum dos outros critérios estabelecidos pela Receita Federal (confira no fim do texto) – precisa transmitir a declaração de imposto de renda para a Receita, seja por meio do programa, do aplicativo ou do site.

Aqueles que estiverem obrigados a enviar a declaração, mas não o fizerem podem, a partir do cruzamento de dados pela Receita Federal, ser identificados e penalizados por isso. «Os empregadores pessoa jurídica, as sociedades cooperativas de trabalho, as instituições de previdência privada e complementar, e as empresas em relação aos sócios e autônomos, encaminham à Receita Federal a Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte», explica o conselheiro do Conselho Federal de Contabilidade, Adriano Marrocos, sobre como a identificação de quem descumprir a obrigatoriedade.

Além disso, conta o conselheiro, os Cartórios de Ofício de Notas, Registro de Imóveis e de Títulos e Documentos encaminham a Declaração sobre Operações Imobiliárias, enquanto bancos, planos de saúde, seguradoras, corretoras de valores, distribuidoras de títulos e valores mobiliários, administradoras de consórcios e entidades de previdência complementar encaminham a e-Financeira com a movimentação em contas-correntes e contas poupança em valores superiores a R$ 2 mil para pessoas físicas e R$ 6 mil para pessoas jurídicas.

  • Assim, o que não falta para a Receita Federal são dados para identificar os contribuintes que deveriam ter entregue a declaração e não o fizeram», diz.
  • Penalidades O contribuinte que não declarar o imposto fica sujeito a uma multa de, no mínimo, R$165,74.
  • O valor é aplicado para aqueles que não têm imposto a pagar.

Caso o contribuinte não declare e tenha algo a pagar, a multa varia de 1% a 20% do valor devido por mês. Além disso, a Receita Federal toma providências administrativas, com a inclusão no Cadastro Informativo dos Créditos não Quitados de Órgãos e Entidades Estaduais (Cadin).

  • Ou seja, a pessoa fica com o CPF irregular (pendente de regularização) e, portanto, impedido de contratar empréstimos e financiamentos, viajar para o exterior, obter cartão de crédito e o passaporte, além de cair em uma «lista» que leva a exame mais minucioso das movimentações financeiras.
  • Nos casos mais extremos, há a previsão do cancelamento do CPF e ação penal por sonegação fiscal», enumera Marrocos.

O conselheiro explica ainda que quem não declarar, mas quiser corrigir a situação pode enviar a declaração a qualquer tempo, mas estará sempre sujeito à multa pelo atraso. Quem precisa declarar?

Aqueles que receberam rendimentos tributáveis acima de R$28.559,70 em 2022. Os que ganharam mais de R$ 40 mil em rendimentos isentos, não tributáveis ou retidos na fonte. Pessoas que tiveram ganho de capital na venda de bens ou direito. Aqueles que realizaram operações na Bolsa de Valores acima de R$ 40 mil. Os que tiveram mais de R$142.798,50 em atividades rurais. Pessoas que são dono de bens que valem mais de R$ 300 mil. Aqueles que passaram a morar no Brasil em qualquer mês de 2022.

A reprodução deste material é permitida desde que a fonte seja citada.

Quem tem mais de 50 mil na poupança paga Imposto?

Mudanças só vão atingir 1% dos poupadores Daniel Lima e Kelly Oliveira Repórteres da Agência Brasil Brasília – As novas regras da caderneta de poupança deixarão isentos os rendimentos de até R$ 250 por mês. Esse valor corresponde ao rendimento mensal calculado em cima de uma caderneta de poupança com saldo de R$ 50 mil.

  • Na prática, isso significa que nenhum aplicador que tenha menos de R$ 50 mil terá que pagar imposto sobre as cadernetas.
  • Existem atualmente 89,9 milhões de contas de poupança no país, totalizando depósitos de R$ 270 bilhões.
  • No entanto, apenas 3.822 contas têm saldo superior a R$ 1 milhão.
  • As cadernetas Entre R$ 50 mil e R$ 600 são cerca de 601 mil contaspadores.

A retenção do imposto será por CPF (Cadastro de Pessoa Física), para dificultar a abertura de várias contas pelo correntista em diferentes bancos. No caso de várias cadernetas, ou se os dependentes também tiveram contas, será considerada a soma de todos os rendimentos em poupança para a tributação.

  1. A retenção na fonte será feita com base na tabela do Imposto Renda (IR).
  2. Na declaração anual do IR, o poupador terá que incluir o valor do rendimento para cada mês em que houver ganho acima de R$ 50 mil.
  3. As mudanças, que entrarão em vigor em 2010, se forem aprovadas pelo Congresso Nacional, só atingirão 1% dos poupadores, já que 99% das pessoas têm aplicações entre R$ 100 e R$ 50 mil.

Pela regra, toda vez que a taxa básica de juros (Selic) ficar abaixo de 10,50% haverá uma tributação progressiva para quem tem mais de R$ 50 mil. A tributação valerá para o período de rendimento iniciado em janeiro do próximo ano, ou seja, poderá haver recolhimento de imposto na fonte para os rendimentos obtidos a partir de fevereiro.

Para uma taxa Selic de 8,5%, uma pessoa que não tenha outra fonte de rendimento só será tributada se o saldo da poupança for superior a R$ 986 mil. Já um aplicador que tenha renda mensal de R$ 1 mil deverá ser tributado se o saldo da poupança estiver acima de R$ 486 mil. Segundo informações divulgadas pelo Ministério da Fazenda, um exemplo de incidência do imposto seria o caso de um poupador ter R$ 200 mil na aplicação para uma taxa Selic de 8%.

A alíquota do Imposto de Renda incidente caso seria, então, de 27,5%. Como o rendimento mensal seria de R$ 1 mil (5%), o rendimento líquido (após o pagamento do imposto) seria de R$ 876. De acordo com o Ministério da Fazenda, se houver redução da taxa básica de juros neste ano que estimule a migração de outros investimentos para a poupança, o governo poderá reduzir temporariamente a alíquota do Imposto de Renda das demais aplicações.

Quem ganha 20.000 reais por mês paga quanto de Imposto de Renda?

Para quem tem abaixo de 65 anos

Rendimentos Tabela antiga Tabela nova
20.000,00 4.630,64 4.469,84
21.000,00 4.905,64 4.744,84
22.000,00 5.180,64 5.019,84
23.000,00 5.455,64 5.294,84

Quem ganha 2.700 paga quanto de Imposto de Renda?

Renda tributável mensal, em R$ Valor a ser considerado para cálculo do IR após o desconto simplificado de R$ 528, em R$ Imposto de Renda a ser pago, em R$
2.640 2.112 não há cobrança
2.700 2.172 4,50
3.500 2.972 75,40
5.000 4.472 354,47

Qual o valor máximo de salário para não pagar Imposto de Renda?

Economia 29/08/2023 – 08:03 Depositphotos Quem Precisa Declarar Imposto De Renda Salário mínimo de R$1.320 está em vigor desde maio Entrou em vigor nesta segunda-feira (28) a lei que reajusta o valor do salário mínimo e amplia a faixa de isenção da tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF). A Lei 14.663/23 foi sancionada sem vetos pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O texto tem origem na Medida Provisória 1172/23, aprovada na Câmara dos Deputados e no Senado. O relator na Câmara foi o deputado Merlong Solano (PT-PI). O novo valor do salário mínimo, de R$ 1.320, está vigente desde 1º de maio deste ano (em janeiro era de R$ 1.302). A lei também cria uma política de valorização do mínimo, a vigorar a partir de 2024.

A política segue os mesmos parâmetros daquela que vigorou até 2015: reajuste pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) mais a variação positiva do PIB de dois anos antes. Em caso de taxa de crescimento real negativa do PIB, o salário mínimo será reajustado apenas pelo INPC.

A lei autoriza o Poder Executivo a baixar os aumentos por decreto usando esses parâmetros nos cálculos. Como não há data para o fim desse mecanismo, ele valerá até que outra lei o modifique. Desconto simplificado Em relação ao IRPF, a Lei 14.663/23 subiu a faixa de isenção para R$ 2.112 a partir de 1º de maio de 2023 – antes era de R$ 1.903,98.

A isenção pode chegar ao valor bruto de até R$ 2.640 mensais se o desconto simplificado ao mês, criado pela lei, for maior que as deduções mensais permitidas. Esse desconto simplificado é de 25% (R$ 528) da faixa de isenção (R$ 2.112). Dessa forma, se as deduções com dependentes, Previdência Social e até mesmo pensão alimentícia somarem menos que os 25% da faixa, o desconto simplificado será aplicado em vez das deduções.

  1. Com essa sistemática, quem ganha até R$ 2.640 (dois salários mínimos atuais) poderá contar com R$ 528 a título de desconto mensal para não pagar Imposto de Renda.
  2. O aumento da faixa de isenção no IRPF deverá reduzir a arrecadação em R$ 3,2 bilhões nos últimos sete meses de 2023, R$ 5,88 bilhões em 2024 e R$ 6,27 bilhões em 2025, segundo estimativas do Ministério da Fazenda.

A nova faixa deverá beneficiar mais de 13 milhões de contribuintes. Reportagem – Janary Júnior Edição – Rachel Librelon A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura ‘Agência Câmara Notícias’.

Quem ganha 100 mil por ano paga quanto de Imposto de Renda?

Você também pode estar perdendo a oportunidade de ‘turbinar’ a sua restituição em 2023 – Não é só o «desconto» de 63% em parte do seu Imposto de Renda que você pode perder ao deixar de investir em previdência privada e nem realizar a declaração completa.

Quando você não aplica essa estratégia, você deixa dinheiro na mesa, De acordo com os analistas da Empiricus Research se você ganha R$ 8.300 por mês e não coloca em prática essa estratégia, você perde no mínimo R$ 1.174,05 todos os anos para a Receita Federal. Não acredita? Esses especialistas fizeram duas simulações: Na primeira, temos um contribuinte que ganha R$ 100 mil por ano, não tem dependentes, não tem despesas dedutíveis, não investe em previdência privada e que optou pela declaração simplificada.

Veja o quanto ele receberia de restituição de IR: Fonte: Empiricus Research Na segunda simulação, temos um contribuinte que também ganha R$ 100 mil por ano, não tem despesas dedutíveis, não tem dependentes, mas investe em previdência privada e optou pela declaração completa. Fonte: Empiricus Research Perceba que o contribuinte da segunda simulação recebeu uma restituição maior simplesmente porque investiu em previdência privada e realizou a declaração completa.

Quem nunca declarou Imposto de Renda cai na malha fina?

O que acontece se a multa por atraso na declaração do Imposto de Renda não for paga? – Caso não pague a multa por atraso no Imposto de Renda em até 30 dias após gerada, começam a correr juros de mora (taxa selic), além disso, seu CPF fica irregular, você pode cair na «malha fina» e até mesmo receber acusação de sonegação de imposto.

Assim que enviar a sua declaração em atraso, você deve receber uma Notificação de Lançamento da Multa e, logo em seguida, o DARF com o valor da multa a ser pago. Se sua declaração do IRPF 2023 foi entregue fora do prazo e sua multa foi gerada, você tem 30 dias para ser paga. Após este prazo, começam a correr juros de mora (taxa Selic).

A cada atraso, um novo documento deve ser gerado com o valor para pagamento atualizado. Caso você tenha imposto a ser restituído, o valor da multa será debitado diretamente da sua restituição.

Quem é obrigado a declarar Imposto de Renda em 2023?

Quem precisa pagar o Imposto de Renda? – Brasileiros que recebem um salário mensal bruto inferior a R$1.903,99 e não têm outras fontes de renda estão na faixa de isenção do IR – ou seja, não são tributados. Vale lembrar que, para trabalhadores do regime CLT, a tributação é feita diretamente na fonte.

  1. Essa modalidade é chamada de Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF).
  2. Isso significa que o salário líquido que você recebe já teve a parcela do IR descontada.
  3. Ela incide sobre o salário bruto, com a contribuição do INSS já deduzida.
  4. A alíquota de imposto a ser paga varia conforme o salário do contribuinte e vai de 7,5% até 27,5%.

Por exemplo: se o seu salário mensal for de R$ 5 mil, você contribui com 11% desse valor para o INSS, um total de R$ 550. A base de cálculo sobre a qual incidirá o Imposto de Renda Retido na Fonte serão os R$ 4.450 restantes. Mas, mesmo que tenha contribuído com o IR, você pode não ser obrigado a declarar.

Saiba mais sobre quem precisa declarar o Imposto de Renda no vídeo abaixo: Quem precisa declarar Imposto de Renda? | Direto ao Ponto – YouTube Nubank 1.64M subscribers Quem precisa declarar Imposto de Renda? | Direto ao Ponto Nubank Search Info Shopping Tap to unmute If playback doesn’t begin shortly, try restarting your device.

Full screen is unavailable. Learn More You’re signed out Videos you watch may be added to the TV’s watch history and influence TV recommendations. To avoid this, cancel and sign in to YouTube on your computer. Cancel Confirm Share Include playlist An error occurred while retrieving sharing information.

Quem ganha 5 mil paga quanto de Imposto de Renda 2023?

Quem ganha até R$ 5 mil paga quanto de imposto? – Apesar da proposta do presidente Lula, pessoas que ganham até R$ 5 mil ainda têm imposto recolhido na fonte caso tenham rendimentos superiores a R$ 2.640 (para optantes da dedução automática). Para facilitar o cálculo, a Receita Federal divulga a tabela progressiva com mais uma coluna, onde descreve a «parcela a deduzir».

Base de Cálculo (R$) Alíquota (%) Parcela a Deduzir do IR (em R$)
Até 2.112,00 zero zero
De 2.112,01 até 2.826,65 7,5 158,4
De 2.826,66 até 3.751,05 15 370,4
De 3.751,06 até 4.664,68 22,5 651,73
Acima de 4.664,68 27,5 884,96

Fonte: Instrução Normativa da Receita Federal Brasileira nº 2141 Para saber quanto pagar de IR, basta aplicar a alíquota no total do salário e, posteriormente, subtrair a parcela a deduzir correspondente. É importante não confundir a parcela a deduzir indicada na tabela com as deduções legais, que o contribuinte pode incluir na declaração anual do IR (gastos com saúde, educação, etc.).

Saiba como declarar fundos de investimento no Imposto de Renda.

Como explica Juliana de Sousa, advogada tributarista do Cunha Ferraz Advogados, o salário, para fins desse cálculo, não deve incluir benefícios como o auxílio-alimentação ou o auxílio-transporte e nem a contribuição ao INSS, Ela destaca ainda a dedução mensal de R$ 189,59 por dependente, que pode ser informada aos empregadores.

  • A pedido do E-Investidor a especialista ajudou a calcular um cenário em que, descontados benefícios e contribuição, o salário do trabalhador seja de R$ 5 mil — e qual seria o IR retido na folha salarial desse contribuinte mensalmente.
  • Deve-se aplicar a alíquota de 27,5% sobre o salário de R$ 5 mil (5.ooo x 0,275).

Do resultado, R$ 1.375, é subtraído o valor de R$ 884,96 (parcela a deduzir para essa faixa). O resultado da conta será R$ 490,04, e esse é o valor retido em imposto mensalmente. A alíquota efetiva, que seria cobrada do contribuinte, equivale, nesse cenário, a 9,8%.

Quem ganha 4 mil por mês paga quanto de Imposto de Renda?

Leia também – Não foram alteradas as alíquotas para as outras faixas de rendimentos mensais, que também serão beneficiadas com o aumento da isenção. Pessoas que ganhar até R$ 4 mil, por exemplo, terão que pagar uma alíquota de 22,50% (R$ 651,73), enquanto aquelas que ganham mais de R$ 4 mil, terão que pagar uma alíquota de 27,50% (R$ 884,96).

Quem ganha 8 mil reais paga quanto de Imposto de Renda?

Quem ganha R$ 8 mil por mês paga quanto de Imposto de Renda? Considerando a tabela de 2023 a partir de maio, para um salário de R$ 8.000,00, a alíquota é de 27,5% e o valor a deduzir do INSS é de R$ 1.120,00, o cálculo seria: (8000 – 1120 * 27.5%) = R$ 1.892,00de Imposto de Renda.

Como que eu faço para saber do Meu Imposto de Renda?

Utilize o sistema Consultar restituição IRPF para consultar a situação da sua restituição. Para ter informações mais detalhadas sobre o processamento da sua declaração, utilize o canal Meu Imposto de Renda, disponível no Portal e-CAC ou pelos aplicativos para celulares e tablets.

Como saber se o MEI precisa declarar Imposto de Renda?

Porém, mesmo que o resultado da renda tributável do MEI seja abaixo do limite, se ele tiver outras rendas é necessário somar a renda do MEI com a s outras e se este total ultrapassar os R$ 28.558,70 deverá realizar a declaração.