Moulin Rouge | Temuco

Consejos | Trucos | Comentarios

Quem Vai Passar A Faixa Para Lula?

Quem entregou a faixa para o presidente Lula em 2023?

Saiba quem são as pessoas que entregaram a faixa presidencial a Lula Um dos momentos mais aguardados na cerimônia de posse neste domingo (1º), o da entrega da faixa presencial, emocionou o público presente na Praça dos Três Poderes, em Brasília. Com a viagem do presidente Jair Bolsonaro ao exterior pouco antes do fim do mandato, havia muita expectativa e especulações sobre quem passaria a faixa a Lula no ritual tradicionalmente realizado no alto da rampa do Palácio do Planalto. A equipe organizadora da posse, liderada pela primeira-dama Janja da Silva, optou por um ato carregado de simbolismo. Um grupo oito de pessoas representativas da sociedade brasileira subiu a rampa ao lado do presidente Lula e do vice-presidente Geraldo Alckmin.

  • No alto da rampa, a faixa presidencial passou de mão em mão até ser entregue a Lula por uma mulher negra catadora de materiais recicláveis.
  • No grupo, havia ainda uma criança negra, uma pessoa com deficiência, o cacique Raoni, líder indígena reconhecido internacionalmente, e pessoas que participaram da vigília permanente durante os 580 dias que Lula permaneceu preso em Curitiba, entre 2018 e 2019.

Os brasileiros que subiram a rampa do Planalto e colocaram a faixa em Lula, 39º presidente da República do Brasil, são: Francisco Carlos do Nascimento, uma criança negra de 10 anos, moradora de Itaquera, periferia de São Paulo. É corintiano roxo, faz natação e, em 2022, ficou em primeiro lugar no campeonato da Federação Aquática Paulista (1ª Região).

Em 2019, participou em Curitiba da vigília pela liberdade do então ex-presidente Lula, com o qual se encontrou, em outra ocasião, em São Paulo. Francisco é filho de uma assistente social e um advogado que atuam em causas sociais. Depois de assistir ao filme que conta a vida do presidente Lula e com a atenção e carinho que recebeu do presidente no Natal dos catadores, Francisco diz que também pode ser presidente.

Aline Sousa, de 33 anos, catadora de recicláveis desde os 14 anos, terceira geração de catadores na família. A mãe e a avó materna de Aline são catadoras da mesma cooperativa. Mãe de sete filhos, Aline atuou na direção da Rede Centecoop-DF. ingressou no Movimento Nacional de Catadoras como articuladora nacional em 2013, representando os catadores do Distrito Federal.

Atualmente é responsável pela Secretaria Nacional da Mulher e Juventude da Unicatadores. Coube a Aline receber a faixa das outras pessoas e vesti-la em Lula. Aos 90 anos, o cacique Raoni Metuktire dedica sua vida à defesa da Amazônia e dos povos da floresta e tem grande reconhecimento internacional. Da aldeia Kraimopry-yaka, onde nasceu, o cacique rodou o mundo pedindo paz.

Weslley Viesba Rodrigues Rocha, de 36 anos, é metalúrgico do ABC Paulista desde os 18 anos. Atualmente trabalha na Delga, no município paulista de Diadema, onde nasceu. Wessley é casado e tem dois filhos. Formou-se em educação física com o auxílio do Programa de Financiamento Estudantil (Fies).

Murilo de Quadros Jesus, de 28 anos, é professor, formado em letras português e inglês e mora em Curitiba. Foi professor de português como língua adicional na Universidad de La Sabana, em Bogotá, capital da Colômbia, entre 2016 e 2017 e foi bolsista Fulbright como professor de português na Bluefield College (West Virginia, Estados Unidos) entre 2021 e 2022.

A cozinheira Jucimara Fausto dos Santos, paranaense nascida em Palotina, dedicou sua vida à cozinha e contribuiu voluntariamente na Vigília Lula Livre, durante o período em que Lula esteve preso em Curitiba. O influencer Ivan Baron é um jovem potiguar que tem paralisia cerebral.

É referência na luta anticapacitista e considerado um dos embaixadores da inclusão. Com forte presença nas redes sociais, Baron publica conteúdos educativos sobre direitos, curiosidades e temas de interesse de pessoas com deficiência e para o público em geral se informar melhor e trabalhar contra o preconceito.

Flávio Pereira, de 50 anos, é natural de Pinhalão, no Paraná. Trabalha como artesão e esteve na vigília Lula Livre nos 580 dias da prisão de Lula em Curitiba, ajudando em atividades do cotidiano. : Saiba quem são as pessoas que entregaram a faixa presidencial a Lula

Quem passou a faixa presidencial para o presidente Lula hoje?

Veja quem são as pessoas que subiram a rampa e entregaram a faixa presidencial para Lula: –

Francisco Carlos do Nascimento e Silva, de 10 anos, Mora em Itaquera, periferia de São Paulo. É corintiano roxo, faz natação. Em 2022, ficou em primeiro lugar no campeonato da Federação Aquática Paulista (1° região). É filho de uma assistente social e um advogado que atuam em causas sociais. Aline Sousa, de 33 anos. Foi ela quem passou, efetivamente, a faixa para Lula. É catadora desde os 14 anos. É a terceira geração de catadora na família. Mãe, Aline está no terceiro mandato como presidente da Rede CENTCOOP-DF, o Central das Cooperativas de Trabalho de Catadores de Materiais Recicláveis do Distrito Federal. É responsável pela Secretaria Nacional da Mulher e Juventude da Unicatadores. Cacique Raoni Metuktire, de 90 anos, Nasceu na aldeia Kraimopry-yaka. É reconhecido por indígenas e ribeirinhos como um dos principais representantes da luta pela preservação da floresta e dos povos amazônicos e dedicou sua vida a defesa da vida e dos territórios desses povos. Weslley Viesba Rodrigues Rocha, de 36 anos, É metalúrgico do ABC paulista desde os 18 anos. Atualmente trabalha na Delga, em Diadema. Wesley também é DJ em um grupo de Rap chamado Falange. Formou-se em Educação Física e também tem formação em cursos técnicos profissionalizantes de desenho técnico, matemática aplicada, eletricista e comandos elétricos. Murilo de Quadros Jesus, 28 anos, É professor, formado em Letras Português e Inglês na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Atuou como professor de português como língua adicional na Universidad de La Sabana (Bogotá, Colômbia) e foi bolsista Fulbright como professor de português na Bluefield College (West Virginia, nos Estados Unidos). Jucimara Fausto dos Santos, Cozinheira na Associação dos Funcionários da Universidade Estadual do Maringá. Cozinhou por dez meses em vigílias feitas durante a prisão de Lula, em Curitiba. Ivan Baron, Teve meningite viral aos três anos de idade, o que lhe causou paralisia cerebral. É referência na luta anticapacitista. Flávio Pereira, de 50 anos, É artesão e participou de vigílias durante a prisão de Lula.

See also:  Quanto Ganha Um Tecnico Em SeguranA Do Trabalho?

Quem vai cantar na posse do presidente Lula?

Posse de Lula: programação tem shows de Pabllo Vittar, Duda Beat e Baianasystem; veja horários e o que esperar do festival 1 de 11 Gaby Amarantos com Jaloo; Pabllo Vittar e Urias; Geraldo Azevedo e Chico César: atrações do ‘Festival do Futuro’, na Posse de Lula — Foto: Divulgação Gaby Amarantos com Jaloo; Pabllo Vittar e Urias; Geraldo Azevedo e Chico César: atrações do ‘Festival do Futuro’, na Posse de Lula — Foto: Divulgação Os shows acontecem nos palcos que homenageiam Elza Soares e Gal Costa.

Eles vão receber os shows de Baianasystem, Duda Beat, Pabllo Vittar,,, Margareth Menezes, entre outras atrações ( veja programação completa abaixo ), A programação começa pela manhã e termina às 13h30 para a realização das cerimônias oficiais da posse. O público irá acompanhar o desfile de e, pelos telões, poderá assistir ao ato que oficializa a posse, no, o pronunciamento do presidente eleito e a transmissão da faixa presidencial.

No meio da tarde, haverá um intervalo da cerimônia para o show de Juliano Maderada e Banda. Às 18h30, a programação musical será retomada. A organização é da futura primeira-dama, Janja da Silva.

Quanto vai custar a posse do presidente Lula?

A posse do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em 1º de janeiro, custou R$ 627.930,95 aos cofres públicos.

Onde Lula subiu a rampa?

Após ser empossado no Congresso Nacional, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva subiu hoje (1º) a rampa do Palácio do Planalto, em Brasília, e recebeu a faixa presidencial de cidadãos que representam a diversidade do povo brasileiro.

Quando o Lula vai receber a faixa de presidente?

Representantes do povo brasileiro entregaram neste domingo (1º) a faixa presidencial a Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na cerimônia de posse em Brasília. O grupo foi formado por oito pessoas.

Qual foi o presidente que não entregou a faixa presidencial?

Quem foi o último presidente a não passar a faixa para o sucessor? Após a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sobre Jair Bolsonaro (PL) nas eleições presidenciais, a passagem de faixa passou a ser tema de discussão. Isso porque o presidente em exercício afirmou a aliados que não participará da cerimônia de posse do seu sucessor e, portanto, não entregará a faixa presidencial ao petista, Quem Vai Passar A Faixa Para Lula João Figueiredo, com a faixa presidencial — Foto: Governo do Brasil via Wikimedia Commons Para driblar a ausência de Bolsonaro, a ideia do cerimonial de Lula, liderado pela primeira-dama, Janja, é que a faixa. A cerimônia de passagem da faixa presidencial é um rito meramente simbólico e não tem impacto na transição de poder entre antecessor e sucessor.

Onde está a faixa presidencial?

A faixa presidencial é uma tradição que remonta há mais de 100 anos na história do Brasil. Feita com detalhes em ouro e ornada com diamantes e símbolos nacionais, representa a transferência de poder a um novo mandatário. Embora a passagem do adereço não seja obrigatória para que um presidente da República eleito assuma o cargo, a faixa faz parte da cerimônia de posse, Receba, em primeira mão, as principais notícias da CNN Brasil no seu WhatsApp! Inscrever-se O decreto de 21 de dezembro de 1910 diz que, «como distintivo de seu cargo, o presidente da República usará, a tiracolo, da direita para a esquerda, uma faixa de seda com as cores nacionais, ostentando o escudo da República bordado a ouro». O texto determina que a faixa tenha largura de 15 centímetros e termina em «franjas de ouro de 10 centímetros».

  • Ainda, que contará em sua extremidade com uma medalha, também de ouro, com símbolos da República e da Presidência.
  • A faixa a ser utilizada em 1º de janeiro de 2023 na posse do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não é a mesma desde Hermes da Fonseca.
  • Elas foram trocadas ao decorrer dos anos, em especial pelo desgaste causado pelo tempo.

Ao longo de 2006 e 2007, a gestão do então presidente Lula, que agora assumirá o Planalto pela terceira vez, licitou uma nova faixa presidencial –a tentativa de aquisição se alongava desde 2003. A nova faixa conta com o desenho das Armas Nacionais da República em tamanho maior e mais colorido do que a anterior.

  • O brasão da República conta com cinco estrelas ao centro dispostas na forma da constelação Cruzeiro do Sul, além de 27 estrelas ao seu redor, entre outros detalhes.
  • O número de estrelas é igual ao das existentes na Bandeira Nacional, que representam as unidades federativas.
  • Mais embaixo na faixa, o broche é uma joia com 21 diamantes e mostra uma mulher com uma espécie de touca que representa a liberdade e o regime republicano.

Esta faixa é a mesma que costuma ser utilizada pelos presidentes desde então. Lula usou o novo objeto pela primeira vez no desfile de 7 de setembro de 2008. Lula transmitiu a faixa à sucessora Dilma Rousseff (PT), em 2011. Porém, na posse do segundo mandato, em 2015, Dilma usou uma faixa antiga.

  1. No ano seguinte, foi noticiado suposto sumiço após o Tribunal de Contas da União (TCU) não encontrar a faixa ao fazer levantamento de presentes recebidos pelos presidentes da República.
  2. Meses depois, a Presidência informou que duas faixas e um broche do adereço foram localizados.
  3. O broche estava embaixo de um armário.

Não se tem notícia de onde estão todas as faixas presidenciais. A utilizada pelo ex-presidente Juscelino Kubitschek está em exposição no Memorial JK, em Brasília. Desde a redemocratização, normalmente, a faixa presidencial tem sido transmitida no parlatório do Palácio do Planalto.

Outro decreto, de 9 de março de 1972, assinado pelo então presidente Emílio Garrastazu Médici, sobre a posse do presidente da República, diz que, após os cumprimentos, «ambos os presidentes, acompanhados pelos vice-presidentes, chefes do Gabinete Militar e chefes do Gabinete Civil, se encaminharão para o gabinete presidencial, e dali para o local onde o presidente da República receberá de seu antecessor a faixa presidencial».

Em seguida, o presidente da República conduzirá o ex-presidente até a porta principal do Palácio do Planalto, estabelece. O mesmo texto afirma que, nas cerimônias oficiais para as quais se exijam casaca, por exemplo, o presidente da República usará a faixa presidencial sobre o colete da casaca ou sobre o uniforme.

Quando vai ser a posse de Lula em 2023?

Notícias 01/01/2023 A solenidade de posse do presidente da República eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, ocorre no Plenário da Câmara dos Deputados, a partir das 15 horas deste domingo (1º). Neste momento, há muita movimentação no Salão Negro e próximo ao gramado do Congresso Nacional. Acompanhe a cobertura pela #TVSenado,

See also:  Como Saber Que AlguM Me Bloqueou No Whatsapp?

Que horas vai ser a posse do presidente Lula?

Que horas vai ser a posse de Lula? Veja programação e como assistir Acontece no dia 1º de janeiro de 2023 a cerimônia de posse do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva, As festividades estão programadas para acontecer ao longo do dia. Entre os atos formais estão o evento organizado pelo Congresso Nacional, que inclui uma sessão solene.

  1. O roteiro divulgado pelo Senado Federal aponta que a posse de Lula terá início às 13h30.
  2. Para 2023, o Senado preparou duas mudanças: as esposas de Lula e do vice-presidente, Geraldo Alckmin (PSB), Rosângela Silva, a Janja, e Lu Alckmin, subirão a rampa na frente dos maridos.
  3. Além disso, Janja solicitou ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), que, o que foi acatado pelo senador.

Antes mesmo do início das celebrações no Congresso, o PT promete dar início ao Festival do Futuro, evento organizado pelo partido e que contará com dezenas de apresentações em dois palcos instalados na Esplanada dos Ministérios. O Festival do Futuro está marcado para começar às 12h e deve contar com a presença dos presidente e vice-presidente eleitos após a solenidade política.

Qual foi o custo da posse de Bolsonaro?

A posse do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em 1º de janeiro, custou R$ 627.930,95 aos cofres públicos. O valor foi informado pela Secretaria-Geral da Presidência ao jornal «O Globo» por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI) e confirmado pela CNN, Receba, em primeira mão, as principais notícias da CNN Brasil no seu WhatsApp! Inscrever-se O valor da posse de Lula é relativo somente à cerimônia oficial e não inclui o Festival do Futuro, evento de música com artistas apoiadores do presidente petista que aconteceu ao longo do dia da posse na Esplanada dos Ministérios. Segundo o governo federal, não houve despesa por parte da Presidência na realização do Festival do Futuro.

Entre os itens em planilha fornecida pela Secretaria-Geral da Presidência estão o aluguel de monitores de televisão (15 unidades por R$ 1.575), estruturas como alambrados, geradores, pisos, tendas e painéis de LED (total de R$ 256.287,90), cadeiras (R$ 33.210) e arranjos decorativos (R$ 6.119,55), por exemplo.

Os serviços de sonorização estão entre os mais onerosos com o custo total de R$ 194.100. Além dos serviços da Presidência, houve pedidos solicitados pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI), com alguns itens semelhantes. Eles custaram R$ 54.160,50.

Todos os custos computados somaram R$ 627.930,95, informou o Executivo. A Presidência informou que utilizou um contrato de prestação de serviços para eventos já existente no âmbito do Palácio do Planalto, assim como na posse de Bolsonaro em 2019. Segundo dados com custos da posse de Bolsonaro, é possível verificar que parte dos equipamentos foi contratado por mais diárias e em maior quantidade.

Os objetos para a cerimônia deste ano foram alugados para até três dias. Há quatro anos, itens chegaram a ser utilizados por até 20 dias.

Quantos anos Lula ficou na posse?

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) toma posse neste domingo (1°) como presidente da República pela terceira vez. Agora, terá o ex-adversário político Geraldo Alckmin (PSB) como vice-presidente. Após 12 anos, o petista volta a comandar o país, após organizar uma frente ampla para disputar as eleições 2022. Ele venceu Jair Bolsonaro (PL) na disputa mais acirrada desde a redemocratização. Receba, em primeira mão, as principais notícias da CNN Brasil no seu WhatsApp! Inscrever-se Diversos chefes de Estado ou governo vão comparecer à posse, incluindo representantes de Estados Unidos, Alemanha, Argentina, Bolívia, Portugal, Uruguai, Espanha, Venezuela e outras autoridades. Diferentemente da primeira eleição do petista, 20 anos atrás, em 2002, quando Fernando Henrique Cardoso passou a faixa presidencial pela primeira vez entre dois presidentes eleitos desde a redemocratização, Bolsonaro não passará a faixa.

Como foi a entrega da faixa presidencial?

Saiba quem são as pessoas que entregaram a faixa presidencial a Lula Um dos momentos mais aguardados na cerimônia de posse neste domingo (1º), o da entrega da faixa presencial, emocionou o público presente na Praça dos Três Poderes, em Brasília. Com a viagem do presidente Jair Bolsonaro ao exterior pouco antes do fim do mandato, havia muita expectativa e especulações sobre quem passaria a faixa a Lula no ritual tradicionalmente realizado no alto da rampa do Palácio do Planalto. A equipe organizadora da posse, liderada pela primeira-dama Janja da Silva, optou por um ato carregado de simbolismo. Um grupo oito de pessoas representativas da sociedade brasileira subiu a rampa ao lado do presidente Lula e do vice-presidente Geraldo Alckmin.

No alto da rampa, a faixa presidencial passou de mão em mão até ser entregue a Lula por uma mulher negra catadora de materiais recicláveis. No grupo, havia ainda uma criança negra, uma pessoa com deficiência, o cacique Raoni, líder indígena reconhecido internacionalmente, e pessoas que participaram da vigília permanente durante os 580 dias que Lula permaneceu preso em Curitiba, entre 2018 e 2019.

Os brasileiros que subiram a rampa do Planalto e colocaram a faixa em Lula, 39º presidente da República do Brasil, são: Francisco Carlos do Nascimento, uma criança negra de 10 anos, moradora de Itaquera, periferia de São Paulo. É corintiano roxo, faz natação e, em 2022, ficou em primeiro lugar no campeonato da Federação Aquática Paulista (1ª Região).

Em 2019, participou em Curitiba da vigília pela liberdade do então ex-presidente Lula, com o qual se encontrou, em outra ocasião, em São Paulo. Francisco é filho de uma assistente social e um advogado que atuam em causas sociais. Depois de assistir ao filme que conta a vida do presidente Lula e com a atenção e carinho que recebeu do presidente no Natal dos catadores, Francisco diz que também pode ser presidente.

Aline Sousa, de 33 anos, catadora de recicláveis desde os 14 anos, terceira geração de catadores na família. A mãe e a avó materna de Aline são catadoras da mesma cooperativa. Mãe de sete filhos, Aline atuou na direção da Rede Centecoop-DF. ingressou no Movimento Nacional de Catadoras como articuladora nacional em 2013, representando os catadores do Distrito Federal.

  • Atualmente é responsável pela Secretaria Nacional da Mulher e Juventude da Unicatadores.
  • Coube a Aline receber a faixa das outras pessoas e vesti-la em Lula.
  • Aos 90 anos, o cacique Raoni Metuktire dedica sua vida à defesa da Amazônia e dos povos da floresta e tem grande reconhecimento internacional.
  • Da aldeia Kraimopry-yaka, onde nasceu, o cacique rodou o mundo pedindo paz.
See also:  Qual O CDigo Postal Do Brasil?

Weslley Viesba Rodrigues Rocha, de 36 anos, é metalúrgico do ABC Paulista desde os 18 anos. Atualmente trabalha na Delga, no município paulista de Diadema, onde nasceu. Wessley é casado e tem dois filhos. Formou-se em educação física com o auxílio do Programa de Financiamento Estudantil (Fies).

  1. Murilo de Quadros Jesus, de 28 anos, é professor, formado em letras português e inglês e mora em Curitiba.
  2. Foi professor de português como língua adicional na Universidad de La Sabana, em Bogotá, capital da Colômbia, entre 2016 e 2017 e foi bolsista Fulbright como professor de português na Bluefield College (West Virginia, Estados Unidos) entre 2021 e 2022.

A cozinheira Jucimara Fausto dos Santos, paranaense nascida em Palotina, dedicou sua vida à cozinha e contribuiu voluntariamente na Vigília Lula Livre, durante o período em que Lula esteve preso em Curitiba. O influencer Ivan Baron é um jovem potiguar que tem paralisia cerebral.

  1. É referência na luta anticapacitista e considerado um dos embaixadores da inclusão.
  2. Com forte presença nas redes sociais, Baron publica conteúdos educativos sobre direitos, curiosidades e temas de interesse de pessoas com deficiência e para o público em geral se informar melhor e trabalhar contra o preconceito.

Flávio Pereira, de 50 anos, é natural de Pinhalão, no Paraná. Trabalha como artesão e esteve na vigília Lula Livre nos 580 dias da prisão de Lula em Curitiba, ajudando em atividades do cotidiano. : Saiba quem são as pessoas que entregaram a faixa presidencial a Lula

Quem passou a faixa de presidente para o Sarney?

Vinte anos de poder civil – ( 03′ 55″) – Rádio Câmara Quinze de março de 1985. Uma sexta-feira. É o dia marcado para um presidente civil voltar a assumir o mais alto posto da Nação – a presidência da República. O país ainda era governado pelo último dos generais do governo militar, que se mantém há quase 21 anos no poder.

Mas na noite anterior, véspera da posse, o inesperado acontece. O presidente eleito, pela última vez pelo voto indireto, Tancredo Neves, sente dores abdominais e é internado e operado às pressas no Hospital de Base de Brasília. Na manhã do dia seguinte, o Congresso dá posse interinamente ao vice José Sarney.

A posse é controversa e o até então presidente João Batista Figueiredo recusa-se a receber Sarney e passar a faixa presidencial. O hoje senador José Sarney diz que não guarda ressentimentos de Figueiredo. «Eu nunca guardei ressentimento. O presidente era do temperamento dele.

  • O que era importante para todos nós era que o Brasil atravessasse aquele momento dramático em que o Tancredo estava doente.
  • Não se sabia o que iria ocorrer.
  • A faixa era uma coisa simbólica que não pesou».
  • Naquele momento alguns teóricos do Direito entendiam que o deputado Ulysses Guimarães.
  • Deveria tomar posse.

Ulysses não aceitou a idéia com medo de que a resistência de alguns militares a seu nome levasse a um embargo do processo político, diz o deputado Mauro Benevides, «Ele preferiu a alternativa José Sarney que seria bem mais aceita pelos movimentos militares que naquele momento ainda estavam articulados na expectativa que se respeitasse o que havia de remanescente do movimento de 31 de Março.» Mas a sequência de fatos complicados e perigosos para o momento delicado em que os militares deixavam o poder termina por aí.

  • A posse de Sarney dá início a um novo período da realidade política e republicana brasileira.
  • Começa o período conhecido como Nova República, que hoje completa vinte anos.
  • É o maior período de sucessão de presidentes civis sob regime democrático na história do país.
  • Tancredo Neves, governador de Minas Gerais eleito presidente da República em 15 de janeiro de 1985 por um Colégio Eleitoral, jamais chegaria a tomar posse.

Em sua jornada de sofrimento e agonia, acompanhada pelos meios de comunicação, é transferido para o Instituto do Coração em São Paulo onde após sete cirurgias no intestino, viria a falecer em 21 de abril, dia de Tiradentes. O lamento pela morte de Tancredo é expressado no discurso de pezar do deputado Ulysses Guimarães.

Logo agora, quando o povo tanto necessita de amigos corajosos, leais e talentosos, perde o maior deles e o líder de todos eles. Aclamado pelas praças, ungido pelas ruas, carregado triunfalmente por multidões. Adeus Tancredo. Sem você, embora esmagados pela dor e pela separação e como os mais fortes e decididos na companhia de sua memória e de seu exemplo.

A fatalidade decretou que o eleito não governasse seu povo.» O falecimento do titular Tancredo efetiva Sarney como presidente, que é empossado definitivamente no Congresso Nacional. É o primeiro presidente civil após cinco presidentes militares. O trigésimo presidente da República brasileira.

Juramento solene de José SarneyCompleta-se o período de transição democrática e tem início a Nova República. De Brasília, Eduardo Tramarim.

: Vinte anos de poder civil – ( 03′ 55″) – Rádio Câmara

Que horas o Lula vai receber a faixa de presidente?

Trajeto de Lula e Alckmin A sessão solene destinada a dar posse ao presidente e ao vice-presidente eleitos, Luiz Inácio Lula da Silva e Geraldo Alckmin, acontecerá no plenário da Câmara dos Deputados, a partir das 15h.

Como é a faixa do presidente da República?

O decreto de 21 de dezembro de 1910 diz que, ‘como distintivo de seu cargo, o presidente da República usará, a tiracolo, da direita para a esquerda, uma faixa de seda com as cores nacionais, ostentando o escudo da República bordado a ouro’.

Como é que foi a posse do presidente Lula?

Presidente desfilou em carro aberto na Esplanada e discursou 3 vezes no domingo: no Congresso, no parlatório do Planalto e no Festival do Futuro Lula acena para o público do parlatório do Planalto, em Brasília PODER360 2.jan.2023 (segunda-feira) – 4h38 O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB) tomaram posse no domingo (1º.jan.2023). A chapa foi eleita em 2º turno com 50,9% dos votos válidos (60.345.999 votos), derrotando a chapa do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), com 49,10% (58.206.354 votos).